Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Programa de Qualificação Profissional oferece cerca de 4 mil vagas


18/07/2011 - 15:57




 

 

Ingrid Vogl e Maria do Carmo Pagani

 

Oferecer qualificação profissional por meio de educação e conhecimento. Essa é a principal meta do Programa Municipal de Qualificação 2011 (PMQ), lançado na manhã desta segunda-feira, dia 18 de julho, no Salão Azul do gabinete do prefeito, que contou com a presença de secretários municipais, além de representantes das entidades parceiras do Programa.

 

Estamos otimistas com os novos investimentos que estão chegado a Campinas, como a ampliação de Viracopos e a possibilidade da cidade participar da Copa do Mundo. Nesta manhã, já temos 3.987 vagas a serem oferecidas em cursos de qualificação e nossa previsão é que esse número chegue a 5 mil, graças à integração de diversos órgãos da Prefeitura e com outras entidades”, afirmou o secretário de Trabalho e Renda, Sebastião Arcanjo, que durante a cerimônia de lançamento do Programa, representou o prefeito Hélio de Oliveira Santos.

 

Para o secretário de Comércio, Indústria, Serviços e Turismo, Rui Rabelo, o desenvolvimento econômico e a melhor e mais justa distribuição de renda só ocorre por meio da educação e do conhecimento. “Foi baseado nisso que lançamos o Programa Municipal de Qualificação, que em seu terceiro ano está mais amplo e solidificado. Esse Plano é um compromisso de Campinas com a qualificação”, afirmou Rui Rabelo, que apresentou informações e estatísticas sobre a qualificação profissional no país.

 

De acordo com a apresentação, 92% das empresas tem dificuldades atualmente para contratar profissionais qualificados e 45% delas tem dificuldades na contratação de técnicos. Rui Rabelo ainda frisou a importância das parcerias com as entidades privadas e o apoio das associações de bairros para a divulgação dos cursos. “Nosso objetivo é sermos indutores do conhecimento e nos próximos meses, dar todo o apoio necessário para oferecer a qualificação em diversas áreas em todas as regiões de Campinas”, complementou.

 

O secretário municipal de Educação, Márcio Rogério Silveira de Andrade, ressaltou o apoio e a estrutura da Secretaria Municipal de Educação (SME) e da Fundação Municipal para Educação Comunitária (Fumec), por meio do Ceprocamp, para viabilizar os cursos de qualificação profissional. O EJA Profissões, programa da SME que une aulas do ensino fundamental para jovens e adultos e cursos profissionalizantes e que já alcança bons resultados entre os alunos, serviu de referência para o planejamento dos cursos viabilizados pela Secretaria de Trabalho e Renda.

 

Parcerias

 

Por meio de parceria com o Ministério do Trabalho e com diversas instituições, entre elas o Senai, Senar, Senat, Sesi, IBM (Instituto Eldorado) e Fitel (Fundação Instituto Tecnológico de Logística), o Programa disponibilizará cerca de 4 vagas para qualificação de trabalhadores que atuam nas áreas de comércio, serviços, construção civil, além de autônomos ou ligados a cooperativas. As aulas serão descentralizadas e ministradas nos bairros, de modo a garantir a participação dos trabalhadores interessados.

 

O PMQ propõe, de forma articulada, possibilitar uma ação inovadora de integração de medidas voltadas ao desenvolvimento econômico, geração de trabalho e renda e elevação de escolaridade. Ou seja; tem como objetivo a inserção social produtiva, o desenvolvimento econômico, com geração de trabalho e distribuição de renda, devendo nortear-se por uma concepção de qualificação entendida como construção social, de maneira a fazer um contraponto àquelas que se fundamentam na aquisição de conhecimentos como processos estritamente individuais e como uma derivação das exigências dos postos de trabalho.

 

Em Campinas, essas ações serão implementadas de forma articulada com as políticas vinculadas ao emprego, trabalho, renda, educação, ciência e tecnologia, juventude, inclusão social e desenvolvimento, para aumentar e potencializar a formação intelectual, técnica e cultural do trabalhador da cidade, buscando a elevação da sua escolaridade, por meio da articulação com as políticas públicas de educação. Em particular com a Educação de Jovens e Adultos (EJA) e a educação profissional e tecnológica.

Além delas, a inclusão social do trabalhador, a redução da pobreza, o combate à discriminação e a vulnerabilidade das populações; a obtenção de emprego e trabalho decente e da participação em processos de geração de oportunidades de trabalho e de renda, reduzindo os níveis de desemprego e subemprego.

 

A parceria com as instituições resultou nas vagas para os seguintes cursos:

 

PLANTEQ – Plano Territorial de Qualificação (Ministério do Trabalho e Emprego) - 529 Vagas

 

Público preferencial:

 

Serão atendidos trabalhadores em situação de desemprego ou subemprego, acima de 16 anos, moradores do município de Campinas e priorizando aqueles com baixa escolaridade. Serão disponibilizadas bolsas no valor de R$ 70,00 por 4 meses como estímulo para que os trabalhadores continuem os estudos e tenham a oportunidade de melhorar a renda familiar. Conforme a situação de cada aluno, também poderão ser oferecidas vales transporte e alimentação.

 

Cursos:

 

  • Serviços de manutenção de edificações: Eletricista e Hidráulica de manutenção residencial

  • Serviços de Alojamento, Alimentação e Reparação: Barman, Copeiros, Garçons

  • Serviços de Alojamento, Alimentação e Reparação: Técnicas de Atendimento em restaurantes, bares e similares.

  • Serviços de Zeladoria e Segurança de prédios e condomínios: Porteiros e Zeladoria

  • Organização de Eventos - cultura e alimentação

  • Empreendedorismo Gerencial - Pequeno Empreendedor

  • Gerenciamento e Gestão de Negócios – vendas

  • Técnicas em vendas especializadas: Plano de Saúde, Material de Construção e Veículos

  • Gestão de Negócios - Vendas e Marketing

  • Auxiliar Administrativo - venda atacadista

  • Assistente Administrativo - RH e Negócios

  • Auxiliar Administrativo - venda ao comércio

  • Auxiliar Administrativo (Informática + Sistemas Digitais)

  • Estoquista/Almoxarife/Armazenista

 

 

 

PLANSEQ – Plano Setorial de Qualificação (Ministério do Trabalho e Emprego) - 930 Vagas

 

Público prioritário:

 

Ser membro de família beneficiária do Programa Bolsa Família

Possuir idade acima de 18 anos

Possuir pelo menos a 4ª série do ensino fundamental completa.

 

Cursos:

  • Armador/Carpinteiro

  • Pedreiro/Azulejista

  • Pedreiro/Pintor

  • Pedreiro/Gesseiro

 

Serviço Nacional de Aprendizagem para a Indústria (Senai) - 1.000 Vagas

 

Público prioritário:

 

  • Jovens e Adultos em busca do 1º emprego;

  • Possuir idade acima de 16 anos, estar cursando o ensino fundamental;

 

Cursos na área da indústria:

  • Básico em Mecânica

  • Básico em Metalurgia

  • Programador de Produção

  • Almoxarife

  • Operador de Empilhadeira

  • Operador de Micro Computador

  • Assistente Administrativo

 

 

Serviço Nacional de Aprendizagem para o Comércio (Senac) - 250 Vagas

 

Público prioritário:

 

  • Jovens e Adultos desempregados ou em busca do 1º emprego;

  • Possuir idade acima de 16 anos, estar cursando ou concluído o ensino fundamental;

 

 

Para participar dos cursos, os candidatos devem atender aos seguintes pré-requisitos (comuns a todos os cursos):

 

  • Ter renda familiar per capita de até dois salários mínimos federais;

  • Não estar matriculado em nenhum curso no Senac São Paulo;

  • Não ter abandonado um curso no Senac São Paulo como bolsista sem justificativa nos últimos dois anos;

  • Não estar participando de nenhum outro processo de bolsas no Senac São Paulo.

 

 

Cursos:

 

  • Capacitação para camareiro (a) - 2011

  • Empregada doméstica - 2011

  • Agente de Turismo Receptivo - 2012

  • Agente de viagens - 2012

  • Auxiliar de cozinha - 2012

  • Empreendedor em pequenos negócios - 2012

  • Monitor de recreação - 2012

  • Recepcionista em meios de hospedagem - 2012

  • Recepcionista de eventos - 2012

  • Capacitação para copeiro - 2012

 

 

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) - 100 Vagas

 

Público prioritário:

 

  • Jovens e Adultos desempregados ou em busca do 1º emprego;

  • Possuir idade acima de 16 anos, estar cursando ou concluído o ensino fundamental;

 

 

Cursos:

  • Jardineiro – condução, manutenção e reforma

  • Jardineiro – implantação do jardim

  • Artesanato em fibras vegetais – Buchas/Utilitários e decorativos

  • Culinária Regional

 

 

Serviço Nacional de Aprendizagem para os Transportes (Senat) - 200 Vagas

 

Público prioritário:

 

  • Jovens e Adultos desempregados ou em busca do 1º emprego;

  • Possuir idade acima de 16 anos, estar cursando ou concluído o ensino fundamental;

 

Cursos:

  • Operador de Empilhadeira

  • Arrumação e Conferência de carga

  • Logística Básica

  • Cobrador de Ônibus Urbano

  • Coletivo Passageiro

  • Agente de Bordo

  • Atendimento ao Cliente

  • Ajudante de Motorista

  • Mecânica Básica

  • Frentista/Abastecedor

 

 

Serviço Social da Indústria (Sesi) - 40 Vagas

 

Público prioritário:

  • Adultos desempregados ou que buscam a geração ou complementação da sua renda;

  • Possuir idade acima de 18 anos, estar cursando ou concluído o ensino fundamental

 

Cursos:

  • Alimente-se bem

  • Moda Sustentável

 

 

IBM – Instituto Eldorado - 500 vagas

 

Público prioritário:

  • Jovens e Adultos desempregados ou em busca do 1º emprego;

  • Possuir idade acima de 16 anos, estar cursando ou concluído o ensino médio

  • Conhecimento prévio em informática

 

Cursos on line

  • Fase 1 – Soluções de TI – Conceitos e Fundamentos (30 horas)

  • Fase 2 - Sistemas Distribuídos e Arquitetura Mainframe (200 horas)

 

Fundação Instituto Tecnológico de Logística – Centro de Educação, Pesquisa e Logística (Fitel) (Fitel)

 

Metas: 6 cooperativas atendidas pelo Programa de Economia Solidária

 

Público-alvo:

  • Integrantes das cooperativas de reciclagem;

  • Possuir idade acima de 18 anos, ter ensino fundamental incompleto;

 

Cursos:

 

  • Noções de logística

  • Noções de transportes

  • Organização e controle de estoque e armazenagem de materiais

  • Recebimento e expedição de materiais

  • Equipamentos de movimentação

  • Coleta, Transferência e distribuição de materiais

  • Teoria e práticas de empilhadeira

  • Tipos, processos e práticas de conferência de cargas

  • Saúde, Segurança e Meio Ambiente

 

Interessados em mais informações e inscrições podem procurar o Centro Público de Apoio ao Trabalhador (CPAT), das 8h às 18h, de segunda à sexta-feira. O CPAT fica na Avenida Campos Salles, nº 427, no Centro (antigo Palácio da Mogiana).


 

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto