Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Prefeito participa de inauguração de centro médico-hospitalar na Unicamp


28/06/2022 - 16:24




O prefeito de Campinas, Dário Saadi, participou nesta terça-feira, dia 28 de junho, da inauguração do Instituto de Otorrinolaringologia & Cirurgia de Cabeça e Pescoço (IOU), que vai funcionar na Unicamp. 
 
 
Será o principal centro médico-hospitalar para uma população de 7 milhões de habitantes das 90 cidades próximas a Campinas. Atuará em sistema híbrido, com 70% dos atendimentos para o SUS e 30% para o privado. 
 
 
O instituto contou com investimento de R$ 65 milhões, maior na área de saúde da Unicamp nos últimos 30 anos. Os recursos são provenientes da ação civil pública do caso Shell-Basf, decorrente de compensação por contaminação na planta industrial de agrotóxicos em Paulínia. A ação foi impetrada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e julgada pela Justiça do Trabalho. 
 
 
“Quero ressaltar a decisão do Ministério Público do Trabalho de transformar uma tragédia humanitária em ações que vão reverberar e atender quem precisa nos próximos anos. A inauguração do Instituto de Otorrinolaringologia & Cirurgia de Cabeça e Pescoço é, sem dúvida, a grande notícia que nós temos do ponto de vista de saúde pública em nossa região e que tem reflexo não só na abrangência de Campinas, mas também no Estado de São Paulo e em todo o País”, afirmou o prefeito. 
 
 
Com capacidade de realizar por ano 200 mil consultas médicas; 88,6 mil exames de apoio diagnóstico; e 4,3 mil cirurgias por ano, atenderá pacientes com câncer de cabeça e pescoço, deficiência auditiva, criança traqueostomizada, doenças do equilíbrio, paralisia facial, disfagia, medicina do sono, doenças da cavidade oral, doenças da voz, deformidades esqueléticas da face, distúrbios da respiração, deglutição, fonação e da comunicação.
 
 
“Tudo foi feito com muita qualidade e muita dedicação para atender milhares de pessoas do nosso Estado. É uma grande conquista para a Saúde Pública”, disse o governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia. 
 
 
O IOU também será um hospital-escola e receberá ao ano cerca de 130 estudantes de medicina e fonoaudiologia da Unicamp e residentes de todo Brasil.
 
 
De acordo com Agrício Crespo, diretor do IOU e professor titular da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP (FCM), o Brasil era carente em centros de treinamento em técnicas cirúrgicas e procedimentos clínicos especializados. “Isso obrigava os maiores talentos locais a buscarem aperfeiçoamento no exterior. Agora o IOU já se posiciona como um dos principais centros de treinamento e capacitação de excelência na área de Otorrinolaringologia & Cirurgia de Cabeça e Pescoço do continente”, comentou.  
 
 
Além do prefeito e do governador, estiveram presentes na cerimônia o secretário de Saúde de Campinas, Lair Zambon; o presidente da Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar, Sérgio Bisogni; o secretário de Finanças, Aurílio Caiado; a secretária de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, Adriana Flosi; o procurador do Ministério Público do Trabalho, Ronaldo Lira; a desembargadora aposentada do TRT-15 Maria Inês Cerqueira César Targa (juíza sentenciante do caso Shell/ Basf), o reitor da Unicamp, Antonio José de Almeida Meirelles; e o secretário de Estado de Saúde, Jean Gorinchteyn, entre outras autoridades.

Crédito: Fernanda Sunega

Foto: Para prefeito, inauguração terá repercussões não só para Campinas, mas todo o Brasil | Crédito: Fernanda Sunega

Para prefeito, inauguração terá repercussões não só para Campinas, mas todo o Brasil

Crédito: Fernanda Sunega

Foto: Governador conhece instalações do Instituto | Crédito: Fernanda Sunega

Governador conhece instalações do Instituto

Crédito: Fernanda Sunega

Foto: Local terá capacidade para realização de 200 mil consultas médicas por ano | Crédito: Fernanda Sunega

Local terá capacidade para realização de 200 mil consultas médicas por ano

Crédito: Fernanda Sunega

Foto: Área interna do IOU que também será um hospital-esc | Crédito: Fernanda Sunega

Área interna do IOU que também será um hospital-esc