Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Artistas visuais Newman Schutze e Cinthia Picelli expõem no SUBSOLO


23/06/2022 - 10:22




Instalações, fotografias, desenhos, pinturas e livro de artista são as várias linguagens das obras de arte que passam a ocupar o SUBSOLO – Laboratório de Arte a partir do dia 25 de junho, sábado, às 12h, quando serão abertas as exposições individuais dos artistas visuais Newman Schutze e Cinthia Picelli, sob curadoria de Andrés I. M. Hernández. A entrada é gratuita.
 
Em conjunto com as exposições, haverá o lançamento do livro físico da artista visual que dá seu nome ao título: “Pama Loiola – Coração de Vidro”. É uma publicação que apresenta sua trajetória artística através de suas obras, seja de objetos, pinturas, fotografias ou textos. O espaço está localizado na Rua Proença, nº 1.000. Recomenda-se a utilização de máscara e distanciamento contra a Covid-19.
 
Newman Schutze e as águas
 
Schutze é um premiado artista visual que traz especialmente para Campinas uma obra de arte inédita, ampliando a série da coleção apresentada na Galeria Eduardo Fernandes, em São Paulo, em 2016. Aqui ela se transforma na instalação “Morfologias, Sobre Águas” costurada com outras duas obras de arte com os títulos de “Entre Águas”, de 2022 e 2021.
 
Tendo como ponto de partida para sua pesquisa o filme “Os pescadores de Aran” (1934), de Robert Flaherty, Schutze explora as imagens de um dos primeiros documentaristas da história do cinema, que mostra as asperezas da vida dos pescadores das Ilhas Aran, na Irlanda, numa mistura de realidade e ficção.
 
Sob a curadoria de Hernández, as obras do artista preenchem uma parede da terceira sala com desenhos em nanquim sobre papel e na outra parede está instalado o “seu” barco em madeira e acrílico, obra inédita, e um tríptico de acrílica sobre acrílico, que avançam através da janela para o espaço extramuro do Projeto Passa 4.5 com a pintura “Entre Águas”, 2022, em acrílica sobre cimento. Na biblioteca o conjunto se completa com a exposição de uma obra em nanquim e acrílico sobre tela de 115 x 140 cm. Segundo o curador, Schutze amplia os tensionamentos conceituais e espaciais da proposta como um todo.
 
Newman Schutze, nascido em Adamantina e morador de São Paulo desde 1985, tem uma carreira artística de mais de 40 anos. Ele já expôs em Campinas, em 2016, na então Galeria Penteado sob direção da artista Rosana Nadai. Em seu currículo encontram-se diversos prêmios aquisitivos e viagem internacional, participação na 10ª Bienal de Santos, exposições individuais e coletivas no Brasil e na Alemanha, Argentina, França, Espanha e Estados Unidos. Sem dizer que faz parte de diversos acervos nacionais. Em 2019, fez a Residência Gludsted na Dinamarca.
 
Cinthia Picelli e suas “cabeças”
 
A artista visual Cinthia Picelli, natural de Campinas, por sua vez, apresenta no SUBSOLO a exposição “Des-Mundos” que tem início com as instalações “Oscilações”, 2019/2022, resultante de curso ministrado pelo doutor em Artes Visuais e produtor executivo Danilo Garcia, em 2019.
 
Picelli pretende mostrar por meio de instalações que se expandem pelo jardim do espaço cultural e tomam conta da primeira sala, suas observações sobre a vida, o ser humano e o ambiente. Para isso, traz uma pesquisa centrada em imagens de cabeças representadas em cera, porque, segundo ela, “é onde se solucionam com força e fé nossos ruídos internos e externos”. 
 
Passando para a segunda sala, o espectador poderá conhecer o livro da artista “Vestígios” (2021), uma nova instalação e fotografias que trazem a exploração do olhar aguçado de Picelli.  Para a artista, a série de fotografias que ali estão “busca questionar nossa dimensão existencial dentro de um espaço-tempo fluido onde somos submetidos a uma constante mutação”.
 
Hernández faz questão de relembrar que em seu livro Obras Comentadas – AVANTI CAMPINAS (2019) já havia apontado sobre “como a força conceitual, a perspectiva constitutiva das obras de arte e os modelos em que elas são apresentadas pela artista agem como manifestos visuais que corroboram a qualidade autoral de Picelli e ativam a diluição das especificidades na nomenclatura das técnicas tradicionais às modalidades artísticas contemporâneas”.
 
 Cinthia Picelli vive e trabalha em Campinas. Tem formação em Arquitetura e Urbanismo, pela PUC-Campinas e, desde 2000, atua como artista visual. Sua arte transita pela fotografia, livros de artista, esculturas de arame, instalações, gravura e joalheria.
 
 
SERVIÇO
 
Abertura das exposições: “Morfologias, Entre Águas”, de Newman Schutze e “Des-Mundos”, de Cinthia Picelli e lançamento do livro: “Pama Loiola - Coração de Vidro”
 
Data: 25 de junho de 2022 - sábado
 
Horário: das 12h às 17h
 
Visitação: de 28/06 a 23/7/2022 (com agendamento) – de segunda a sexta-feira, das 12h às 17h, pelo (11) 94965-5722.
 
Livre para todos os públicos
 
Entrada gratuita

Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Divulgação

Foto: Instalação Oscilações, de Cinthia Picelli | Crédito: Divulgação

Instalação Oscilações, de Cinthia Picelli

Crédito: Divulgação

Foto: Morfologias, Entre Águas, de Newman Schutze | Crédito: Divulgação

Morfologias, Entre Águas, de Newman Schutze