Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Emdec faz operação especial de trânsito e transporte durante a Parada LGBT


22/06/2022 - 19:44




 

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) realiza uma operação especial de trânsito e transporte durante a realização da 22ª Parada do Orgulho LGBT. O evento ocorre no domingo, dia 26 de junho, partindo do Largo do Rosário.

 

 

O desfile exigirá alterações temporárias em 66 pontos de ônibus, em operação que será monitorada por agentes da Emdec. Profissionais das equipes semafóricas e do Controle Operacional também estarão a postos.

 

 

Já os profissionais do setor de trânsito começarão o trabalho na madrugada, para adaptar o espaço ao desfile dos trios elétricos e realizar bloqueios nos cruzamentos e ao longo das vias. Essas providências garantem segurança viária durante as interdições.

 

 

Transporte 

 

 

A realização da 22ª Parada LGBT impacta na operação de 66 linhas de ônibus que circulam na região do evento. São elas: 114; 117; 130; 131.1; 135; 154; 161; 173; 190; 192; 197; 212; 224; 225; 229; 230; 240; 244; 249; 253; 264; 265; 271; 310; 313; 316; 318; 333; 341; 342; 344; 345; 346; 348; 349; 351; 352; 353; 355; 356; 359; 360; 361; 362; 364; 366; 367; 368; 369; 375; 380; 381; 382; 383; 385; 386; 390; 391; 395; 397; 403; 408; 410; 413; 416; e 499.  

 

 

Cerca de 30 agentes da Mobilidade Urbana da Emdec estarão em campo, para realizar as intervenções viárias necessárias e monitorar os pontos de ônibus afetados pelas alterações de itinerários. Os profissionais acompanham a evolução do desfile até o encerramento. Também atuam na operação equipes semafóricas e operadores da Divisão de Controle Operacional, que prestam apoio remoto ao evento. 

 

 

As dúvidas sobre circulação podem ser esclarecidas pelo telefone 118, o “Fale Conosco Emdec”. Para chamadas realizadas a partir de outra cidade ou DDD, o telefone é (19) 3731-2910.  

 

 

 

 

Trânsito 

 

 

As ações operacionais programadas pela Emdec começam na madrugada

de domingo, com reserva de vagas em trechos das vias Dr. Campos Sales, General Osório, Barão de Jaguara e Francisco Glicério, nas imediações do Largo do Rosário. A partir das 10h ocorrem os bloqueios viários dos cruzamentos: Avenida Dr. Campos Sales x Rua José Paulino; e Avenida Francisco Glicério x Avenida Benjamin Constant. 

 

 

A partir das 12h, os cinco trios elétricos ficarão estacionados na Avenida Dr. Campos Sales, no trecho bloqueado a partir do cruzamento com a José Paulino. Ao longo do desfile dos trios elétricos, haverá bloqueios momentâneos em trechos de diversas vias no entorno do Largo do Rosário. 

 

 

Na Rua General Osório, entre a Francisco Glicério e Rua Barão de Jaguara, haverá seis food trucks. Na Praça Guilherme de Almeida, em frente ao Palácio da Justiça, será instalada a praça de alimentação. Também na Rua General Osório, ao lado do Palácio da Justiça, será montado um posto de atendimento médico, com ambulâncias. 

 

 

Parada deve reunir 20 mil pessoas

 

 

A concentração para a 22ª Parada do Orgulho LGBT ocorre a partir das 10h, no Largo do Rosário, no Centro. Cinco trios elétricos desfilam pelas principais vias da região central, a partir das 14h. O itinerário da Parada LGBT segue pelas vias Francisco Glicério, Dr. Moraes Salles (pista interna), Irmã Serafina (pista interna), Anchieta (pista interna) e Benjamin Constant, retornando à Francisco Glicério e finalizando no Largo do Rosário, onde haverá diversos shows artísticos.  

 

 

A Parada integra os eventos do "Mês da Diversidade Sexual", criado pela Lei Nº 10.182/1999, que instituiu, também, o 28 de junho como o “Dia Municipal do Orgulho Homossexual”. A organização estima a participação de 20 mil pessoas. A previsão é de que o evento seja encerrado totalmente por volta das 22h. 


 


Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Emdec/Setransp

Foto: Agentes estarão presentes durante toda a Parada | Crédito: Emdec/Setransp

Agentes estarão presentes durante toda a Parada

Crédito: Emdec/Setransp

Foto: Viaturas e monitoramento remoto também serão empregadas para orientar o trânsito | Crédito: Emdec/Setransp

Viaturas e monitoramento remoto também serão empregadas para orientar o trânsito