Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Saúde atualiza orientações sobre covid-19 em instituições para idosos


12/04/2022 - 19:01




A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), publicou nesta terça-feira, dia 12 de abril, o guia atualizado para Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) quanto à pandemia de covid-19. O documento traz diversas orientações e informa à população que as visitas estão liberadas, desde que não haja casos suspeitos ou surto de covid na ILPI. Neste último caso, apenas poderão ser autorizadas visitas em situações urgentes e inadiáveis, como para pessoas gravemente doentes ou em fase terminal.

 

No guia, o Devisa ressalta a necessidade de que os visitantes sejam avaliados antes de entrarem quanto a sinais indicativos de covid-19 (quadro de síndrome gripal). O quadro é marcado por, pelo menos, dois dos seguintes sintomas: febre, calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza, alteração de olfato ou paladar. Para crianças, considera-se também nariz entupido. Os visitantes devem informar se tiveram contato com casos suspeito ou positivo de covid nas últimas duas semanas. Em caso de sintomas ou contato, a visita deve ser proibida e o visitante, orientado a procurar um médico.

 

A assessora técnica e enfermeira do Departamento de Vigilância em Saúde, Priscila Brandão Pegoraro, ressaltou que, liberados para entrarem, os visitantes devem usar obrigatoriamente a máscara de proteção. “As instituições devem reservar uma área separada e com boa ventilação – de preferência aberta – para as visitas, evitando que muitas pessoas externas fiquem aglomeradas no mesmo período”, disse. Vale ressaltar que o ambiente deve sempre estar higienizado com álcool a 70%, assim como presentes, objetos e embalagens a serem entregues aos moradores.

 

A instituição deve anotar os dados do visitante, para contato posterior, se necessário. E ele deve comunicar imediatamente à ILPI se apresentar sintomas da doença nos três dias seguintes.

 

Priscila ressaltou que a população idosa foi a mais acometida durante todo o período pandêmico, e continua sendo a parcela da população com mais risco de gravidade e óbito. “É importante que os idosos e seus familiares sejam vacinados contra a covid-19. A vacina contra a gripe (Influenza) também está disponível para os grupos prioritários, que devem se imunizar, visto que essa é uma doença que também pode apresentar complicações em pessoas vulneráveis”, disse.

 

Residentes

 

Os moradores devem ser monitorados para sintomas de infecção respiratória no momento em que ingressarem e durante sua permanência na ILPI. Todos devem ser orientados a intensificar a lavagem das mãos ou usar álcool a 70%, por pelo menos 20 segundos, em cada caso. Aqueles que não conseguirem fazer isso sozinhos, devem ser auxiliados. Recomenda-se, ainda, evitar tocar no rosto, olhos e nariz; não compartilhar itens pessoais e cobrir a boca e nariz ao espirrar.

 

Moradores das instituições poderão sair para visitar familiares, durante o dia, retornando à noite para dormir na ILIPI. Após o retorno, devem usar máscara cirúrgica por 7 dias e ser monitorados quanto a sintomas durante 14 dias após a visita. Familiares também devem comunicar se tiverem sintomas.

 

As orientações divulgadas pelo Devisa servem tanto para ILPIs quanto para outros alojamentos coletivos.

 

Profissionais e cuidadores

 

Profissionais de saúde, cuidadores e outros que prestam assistência aos residentes devem usar máscara cirúrgica. Residentes com sintomas respiratórios ou com covid-19 confirmada também devem usar, toda vez que estiverem fora dos quartos ou se dividirem espaço com outros moradores.

 

Os profissionais não devem comparecer ao trabalho se estiverem com sintomas respiratórios; se apresentarem sintomas durante o expediente, devem deixar o local, procurando atendimento médico para avaliação. O responsável pela ILPI deverá comunicar a Vigilância Regional se houver suspeita entre moradores e residentes.

 

O documento completo, bem como os contatos das unidades de vigilância regional estão disponíveis no link

 

Os serviços de Day Care para Idosos continuam suspensos. Mais informações podem ser obtidas também nas unidades regionais.


Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Fernanda Sunega

Foto: Devisa reforça a importância de que os idosos completem o esquema vacinal contra a covid-19 | Crédito: Fernanda Sunega

Devisa reforça a importância de que os idosos completem o esquema vacinal contra a covid-19