Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Rede Mário Gatti abre mais cinco leitos de UTI Pediátrica no Ouro Verde


11/04/2022 - 14:32




A Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar instalou nesta segunda-feira, 11 de abril, mais cinco leitos pediátricos de terapia intensiva no Complexo Hospitalar Prefeito Edivaldo Orsi (Hospital Ouro Verde). A ampliação visa garantir leitos para a internação de crianças no período de sazonalidade das doenças respiratórias, que ocorre durante o Outono e Inverno.
 
 
 
Com a instalação das novas estruturas, a Rede passa a contar com 31 leitos pediátricos de UTI para atender as crianças com condições clínicas mais graves – são 15 no Hospital Ouro Verde e 16 no Hospital Municipal Dr. Mário Gatti.
 
 
 
A chegada do Outono, com temperaturas amenas e umidade relativa do ar mais baixa, já vem provocando aumento na busca por atendimentos de crianças com sintomas respiratórios nas unidades da Rede.
 
 
 
Em fevereiro, os hospitais Mário Gatti, Ouro Verde e UPAs atenderam por dia, em média, 278 crianças com síndromes respiratórias, em março a média diária de consultas foi de 405 e nos primeiros dez dias de abril, a média está em 510.
 
 
 
As internações de crianças com quadros clínicos mais graves estão mantendo as UTIs pediátricas da Rede com uma ocupação acima de 90% na maioria dos dias, principalmente com crianças menores de dois anos com bronquiolite causada pelo vírus sincicial respiratório.

Crédito: Eduardo Lopes

Foto: Leitos foram implantados no Hospital Ouro Verde | Crédito: Eduardo Lopes

Leitos foram implantados no Hospital Ouro Verde

Crédito: Eduardo Lopes

Foto: Objetivo é atender demanda de sazonalidade das doenças respiratórias | Crédito: Eduardo Lopes

Objetivo é atender demanda de sazonalidade das doenças respiratórias

Crédito: Eduardo Lopes

Foto: Rede passa a contar com 31 leitos pediátricos de UTI  | Crédito: Eduardo Lopes

Rede passa a contar com 31 leitos pediátricos de UTI

Crédito: Eduardo Lopes

Foto: Média diária de atendimento de crianças com SRAG subiu de 278 para 510 | Crédito: Eduardo Lopes

Média diária de atendimento de crianças com SRAG subiu de 278 para 510