Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Rede Mário Gatti abrirá mais dez leitos de UTI pediátrica a partir de 24/1


13/01/2022 - 17:47




A Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar abrirá dez leitos de UTI pediátrica no Complexo Hospitalar Prefeito Edivaldo Orsi (Hospital Ouro Verde) a partir de 24 de janeiro, para atender a demanda crescente por internação de crianças com síndromes respiratórias agudas graves (SRAG). O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira, 13 de janeiro, pelo presidente em exercício da Rede, Carlos Arca, durante live do prefeito Dário Saadi.
 
 
 
A Rede tem hoje 16 leitos de UTI e 35 de enfermaria para crianças e 37 estão internadas nesta quinta-feira, sendo 14 em UTI e 23 em leitos de enfermaria nos hospitais Ouro Verde e Mário Gatti. A maioria tem menos dois anos de idade e nenhuma está com covid-19.
 
 
 
A implantação dos leitos ocorrerá com a conversão da estrutura atual destinada à pacientes adultos graves. As internações de adultos será direcionada para a Unidade Hospitalar Mário Gatti-Amoreiras e para leitos que a Secretaria de Saúde vai comprar na rede privada (serão 20 de UTI e 24 de enfermaria para adultos e dois leitos neonatais).
 
 
 
Arca fez um balanço da grande procura de pacientes com síndromes respiratórias que têm chegado às portas dos três hospitais e as quatro UPAS da Rede Mário Gatti. Antes do início do surto de gripe, cada unidade atendia em média 100 pacientes com sintomas gripais, volume que quadruplicou a partir das duas últimas semanas de dezembro.
 
 
 
“Hoje cada unidade atende em média 400 consultas, mais que o limite tolerado. A maioria com quadros leves e é baixo o número dos que precisam de internações. Quem precisa são crianças e idosos com comorbidades, mais suscetíveis”, afirmou.
 
 
 
Arca observou que quem está na porta das unidades esperando atendimento são pessoas na faixa etária de 20 a 60. “São pessoas que trabalham, que estão com algum sintoma e querem saber se foram infectados pelo coronavírus e muitas vem em busca de atestado”, afirmou
 
 
 
Pessoas com sintomas leves, sem maior comprometimento da saúde, podem obter o atestado pela internet para poder se ausentar do trabalho. O Atestado Sanitário é emitido para um período de três dias, em conjunto com um encaminhamento para o serviço de saúde para a pessoa ser avaliada, testada e receber, após avaliação clínica, um atestado médico completando o período de afastamento, se for necessário.
 
 
 
A licença obriga a permanência em isolamento domiciliar durante 14 dias e, caso o solicitante apresente informações falsas, pode responder judicialmente. O documento é válido para morador ou quem trabalha na cidade. Ele pode ser solicitado por meio de autodeclaração preenchida no endereço https://covid-19.campinas.sp.gov.br/atestado-sanitario.

Crédito: Carlos Bassan

Foto: Objetivo é atender maior demanda por internação de crianças | Crédito: Carlos Bassan

Objetivo é atender maior demanda por internação de crianças

Crédito: Carlos Bassan

Foto: Carlos Arca apresentou balanço da procura pelos hospitais e UPAs | Crédito: Carlos Bassan

Carlos Arca apresentou balanço da procura pelos hospitais e UPAs