Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Vacinas da Pfizer devem ser utilizadas nos profissionais de educação


11/06/2021 - 15:30




Campinas recebeu 9.343 doses da vacina Pfizer nesta quinta-feira, 10 de junho, que serão utilizadas prioritariamente na imunização de profissionais da educação básica, maiores de 18 anos, contra a Covid-19.
 
 
 
 
O agendamento está aberto e até as 16h desta sexta-feira, 9.536 diretores, supervisores, professores, cozinheiras, faxineiras, porteiros, entre outros, marcaram para receber a vacina a partir deste sábado, 12 de junho, quando ocorre o terceiro Dia D de Vacinação, até 18 de junho.
 
 
 
 
A diretora do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), Andrea Von Zuben, informou, durante live nesta tarde que esses profissionais poderão receber a AstraZeneca ou a Coronavac de acordo com a disponibilidade no momento, mas a prioridade é para a Pfizer.
 
 
 
 
A vacina para profissionais da educação de 45 anos ou mais já havia sido liberada anteriormente. Agora, os profissionais de educação básica de todas as faixas etárias ficam contemplados na vacinação.
 
 
 
 
Os profissionais de educação a partir de 18 anos, antes de agendar a imunização, deverão fazer o pré-cadastro no site do Vacina Já no link https://vacinaja.educacao.sp.gov.br.
 
 
 
 
O pré-cadastro passará por um processo de análise, definido pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo e, se for validado, o profissional receberá em seu e-mail o Comprovante Vacina Já Educação. Este documento comprova a elegibilidade para a vacinação e terá um QRCode para verificação de autenticidade.
 
 
 
 
Quando forem se vacinar, os profissionais devem levar esse comprovante com o QR Code, além do documento de identidade com foto e CPF e um holerite do ano de 2021 mostrando que trabalham em uma escola de Campinas. Os documentos devem ser levados preferencialmente impressos.

Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Carlos Bassan

Foto: Andréa Von Zuben, diretora do Devisa: Campinas recebeu 9.343 doses da vacina | Crédito: Carlos Bassan

Andréa Von Zuben, diretora do Devisa: Campinas recebeu 9.343 doses da vacina