Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Vacinação contra a gripe prossegue e Saúde pede adesão do público-alvo


26/04/2021 - 15:36




A Campanha de Vacinação contra a Gripe continua nos 67 centros de saúde de Campinas. Nesta primeira etapa estão sendo vacinados profissionais de saúde, crianças maiores de seis meses e menores de seis anos, grávidas e puérperas. Até 22 de abril, último balanço da Secretaria de Saúde, tinham sido imunizadas 25.994 pessoas. A meta é vacinar 90% do público-alvo, que é de 145 mil pessoas. A cobertura até agora está abaixo da expectativa da Pasta.

 

“A baixa procura nos preocupa bastante. A campanha contra a gripe é extremamente importante, principalmente neste cenário em que temos a circulação da Covid-19, outra doença respiratória. A vacina previne o agravamento de quadros respiratórios, que podem levar à morte, e ajuda a diferenciar o diagnóstico de Covid. A gripe causa muitas mortes e internações todos os anos”, explica Andrea von Zuben, diretora do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa).   

 

 
Ela lembra que o público-alvo determinado pelo Programa Nacional de Imunização é o que tem mais tendência ao agravamento da doença. “É muito importante que essas pessoas recebam a dose. A vacina é segura, de vírus inativado, e não causa gripe. Além disso, evita a transmissão da doença para outras pessoas”, afirma a diretora.  

 


Para receber a dose da vacina contra a gripe é preciso levar um documento de identificação com foto e, se tiver, o cartão de vacinação. Os profissionais de saúde devem apresentar documento de conselho de classe ou comprovante de vínculo empregatício com serviço de saúde e documento com foto.

 


Os endereços dos locais mais próximos podem ser obtidos pelo telefone 156 ou pela internet no endereço https://zoneamento.campinas.sp.gov.br/saude.php?nome_campanha=Campanha%20Influenza%202021. O site mostra os horários de aplicação de doses de todas as unidades e a disponibilidade da vacina.

 

 
Pessoas com quadro sugestivo, ou casos confirmados de infecção pela Covid-19, devem aguardar para receber a vacina. É recomendado aguardar até a recuperação clínica total.



 
Balanço
 

Até o último dia 22, foram vacinados 6.572 profissionais de saúde, 16.778 crianças maiores de seis meses e menores de seis anos, 491 puérperas e 2.153 gestantes.


 

Outras etapas



Neste ano, por conta da Campanha de Vacinação contra a Covid-19, que também está sendo realizada, idosos acima de 60 anos e professores serão vacinados contra a gripe na segunda etapa, prevista para começar em 11 de maio.

 

 
Já as pessoas com comorbidades (doenças crônicas e outras), com deficiência permanente, e outros públicos serão vacinados na terceira etapa, programada para a partir de 9 de junho.

 

Outras informações sobre a Campanha de Vacinação contra a Gripe estão disponíveis em vacina.campinas.sp.gov.br .

 

 

Gripe e Covid – intervalo  

 

Como as campanhas de vacinação (Covid e Gripe) acontecem ao mesmo tempo, o Ministério da Saúde não recomenda a aplicação das duas vacinas simultaneamente. A orientação é priorizar a imunização contra a Covid e  respeitar o intervalo mínimo de 14 dias entre as doses contra Covid e contra Influenza.
 


Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Arquivo/PMC

Foto: Vacinação contra a gripe: baixa procura preocupa Secretaria de Saúde | Crédito: Arquivo/PMC

Vacinação contra a gripe: baixa procura preocupa Secretaria de Saúde