Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Apresentação da Rede Cultura Viva Campinas reúne artistas e autoridades


22/07/2019 - 17:19




Em um clima lúdico e festivo, o prefeito de Campinas em exercício, Henrique Magalhães Teixeira, participou da cerimônia de apresentação da Rede Cultura Viva Campinas, na tarde desta segunda-feira, dia 22 de julho, no Salão Vermelho do Paço Municipal. O evento reuniu também o secretário de Cultura de Campinas, Ney Carrasco; o secretário Nacional da Diversidade Cultural do Ministério da Cidadania, Gustavo Amaral; autoridades e representantes das entidades.
 
 
"Esse é um momento muito importante", destacou o secretário Ney Carrasco, lembrando que, em 2013, "quando assumimos o governo, tínhamos 18 Pontos de Cultura inadimplentes. Foi um esforço grande resolver caso a caso. Aliás, era um problema recorrente no Brasil inteiro. Desde então, sempre foi uma diretriz muito clara remontar essa Rede". 
 
 
O titular da pasta frisa, ainda, que o conceito de Cultura Viva, idealizado pelo historiador Célio Turino, é um dos "mais brilhantes" que existe por marcar uma mudança de paradigma na elaboração de políticas públicas para a Cultura no país.
 
 
O secretário Nacional da Diversidade Cultural do Ministério da Cidadania, Gustavo Amaral, destacou os cinco anos da implantação da Lei Cultura Viva, reiterando que tratar de Cultura, é falar de "política de base comunitária". Para 2020, "queremos ampliar a Rede de Pontos de Cultura, inclusive com foco no Interior, e para ainda este segundo semestre, iremos estabelecer diálogos que vão aproximar os entes federativos da sociedade civil".
 
 
Em sua reflexão, o prefeito em exercício, Henrique Magalhães Teixeira, destacou a estratégia de distribuição geográfica dos Pontos de Cultura, que é algo muito relevante na capilaridade da política pública cultural do município. O Cultura Viva valoriza a "espontaneidade do fazer cultural, reconhecendo as iniciativas da comunidade".
 
 
Rede Cultura Viva
 
 
A Rede Cultura Viva Campinas, formada por meio de edital de chamamento público, contemplou 11 Pontos e um Pontão De Cultura, que são entidades culturais que estimulam o acesso à cultura e promovem a cidadania e a valorização das manifestações culturais locais.
 
 
O edital é resultado de um convênio celebrado entre a Prefeitura de Campinas e o Governo Federal, com investimentos na ordem de R$ 1.960.000,00, cujo repasse do Governo Federal será de R$ 1.176.000,00, e o município de Campinas arcará com a contrapartida de R$ 784.000,00. Até o momento, já foi realizado o desembolso de R$ 398.475,00 para as entidades selecionadas e para a documentação necessária. Ainda neste semestre estão previstas as ações de capacitação e os investimentos com a Teia Cultural (evento de integração entre os pontos de cultura e a sociedade) na ordem de R$ 230.760,00.
 
 
Atualmente, a Rede é formada pelos Pontos de Cultura: Centro Cultural Teatro de Arte e Ofício, Instituto Baobá de Cultura e Arte, Instituto de Pernas Pro Ar, Instituto Padre Haroldo Rahm, Instituto Anelo, Coletivo Interdisciplinar Passarinha, Instituto Ideia Coletiva, Centro de Ciências, Letras e Artes, Cooperativa Cultural e Artística Ungambikkula, Instituto Arnea, Sociedade Cultural Teatro Sia Santa; e pelo Pontão de Cultura, Areté Gestão e Apoio ao Terceiro Setor.

Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Carlos Bassan

Foto: Prefeito em exercício foi recebido por artistas | Crédito: Carlos Bassan

Prefeito em exercício foi recebido por artistas

Crédito: Carlos Bassan

Foto: Henrique Magalhães Teixeira destacou capilaridade dos Pontos de Cultura | Crédito: Carlos Bassan

Henrique Magalhães Teixeira destacou capilaridade dos Pontos de Cultura

Crédito: Carlos Bassan

Foto: Rede Cultura Viva Campinas tem ações variadas | Crédito: Carlos Bassan

Rede Cultura Viva Campinas tem ações variadas

Crédito: Carlos Bassan

Foto: Secretário Nacional da Diversidade Cultural, Gustavo Amaral, acompanhou evento | Crédito: Carlos Bassan

Secretário Nacional da Diversidade Cultural, Gustavo Amaral, acompanhou evento