Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Alunos das escolas municipais aprenderão a assistir e interpretar filmes


17/05/2016 - 17:03




 

 

A Secretaria Municipal de Educação lançou o “Programa Cinema & Educação: a experiência do cinema na escola de Educação Básica”. O evento aconteceu na noite desta segunda-feira, dia 16 de maio, no Salão Vermelho da Prefeitura de Campinas. 

 

 

A iniciativa de criar o Programa surgiu após a publicação da lei federal 13.006, que obriga as escolas a proporcionar aos seus alunos duas horas de cinema nacional por mês. “A proposta não é apenas que os alunos assistam a um filme e o discutam. Isso é válido, claro, mas a ideia é que eles tenham condições de avaliar também a parte estética, trilha sonora, fotografia e até fazer as suas próprias produções. Queremos que eles olhem para o cinema por outro ângulo”, adiantou um dos coordenadores do Programa Cinema & Educação, Heliton Leite de Godoy.

 

 

Para que as atividades do Programa cheguem às salas de aula é necessário que os professores passem por um curso de formação, realizado em parceria com o Museu da Imagem e do Som (MIS) por intermédio do Grupo Olho, da Faculdade de Educação da Unicamp. Atualmente, 60 docentes estão nesta formação. “A nossa proposta é que cada escola tenha um cineclube”, afirmou Godoy.

 

 

Os professores interessados em passar pelo curso de formação devem entrar em contato com o Cefortepe (Coordenadoria Setorial de Formação) pelo telefone (19) 3259-1496 ou pelo site www.educacaoconectada.campinas.sp.gov.br .

 

 


Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Antônio de Oliveira

Foto: Cartaz de divulgação do Programa | Crédito: Antônio de Oliveira

Cartaz de divulgação do Programa

Crédito: Antônio de Oliveira

Foto: Público contou com intérprete de Libras | Crédito: Antônio de Oliveira

Público contou com intérprete de Libras

Crédito: Antônio de Oliveira

Foto: Educadores vão se inscrever para aderir às novas atividades | Crédito: Antônio de Oliveira

Educadores vão se inscrever para aderir às novas atividades