Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Anatel aprova licença para IMA atuar em telecomunicações


02/03/2010 - 15:11




Sérgio Oliveira

 

O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou a solicitação da IMA para prestação do serviço de Comunicação Multimídia (SCM). A decisão foi tomada no dia 4 de fevereiro e o próximo passo do processo será a concessão do Termo de Autorização pela Anatel, o que deve ocorrer até o final de março.

 

Com esta autorização, a IMA passa a atuar também na área de telecomunicações, podendo tornar-se prestadora de serviços como telefonia VoIP (voz sobre IP), transmissão de vídeo, de dados, entre outros, em qualquer município do Brasil.

 

A partir da publicação do Termo de Autorização, a empresa terá 180 dias para apresentar à Anatel um projeto de implantação de rede para a prestação dos serviços e 18 meses para efetivamente estar operando nesta área.

 

“Até o momento a IMA recebeu uma projeção nacional, principalmente, como desenvolvedora de sistemas para a Administração Pública. Agora, estamos entrando em uma nova fase, na qual a empresa também passará prestar serviços de telecomunicações”, explica Francisco Seniuk, gerente de Engenharia de Telecomunicações da IMA.

 

De acordo com ele, a empresa tem como prioridade atuar com foco nas necessidades da Prefeitura de Campinas e junto às administrações municipais da Região Metropolitana.

 

Entre os serviços possíveis de serem prestados pela IMA está o fornecimento de conexão para órgãos públicos que, eventualmente, contratem soluções ou utilizem serviços de hospedagem de dados da empresa.

 

“Um município pode se interessar em implantar um sistema para gerenciamento da sua rede escolar, utilizando toda a estrutura tecnológica da IMA. Antes, a conexão entre os computadores dessa prefeitura e o datacenter da IMA deveria necessariamente ser feita por uma empresa de telecom. Agora, a IMA pode oferecer a solução completa, inclusive com a transmissão de dados.”, complementa Seniuk.

 

Recentemente, a IMA já havia obtido o status de Sistema Autônomo de Internet (AS), obtendo o direito de conectar-se diretamente com outros sistemas autônomos e a deter um bloco próprio de endereços IP, fortalecendo a sua atuação junto à rede mundial de computadores.