Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Rodoviária completa 3 anos e beneficia mais de 11 milhões de pessoas


06/06/2011 - 11:28

Compartilhe no Facebook


 

Hugo Xavier

 

O Terminal Multimodal “Ramos de Azevedo” completou, neste fim de semana, três anos de funcionamento com números que comprovam a sua importância para a cidade. Considerado como ponto turístico da cidade, o Terminal recebeu, neste período, mais de 11 milhões de passageiros.

 

Desde que foi inaugurado, em 4 de junho de 2008 até o final do mês de maio deste ano, 11.838.127 passageiros embarcaram no terminal rodoviário. O número de passageiros é ainda mais impressionante se comparado ao desempenho do antigo terminal. A média mensal de passageiros embarcados atualmente na Rodoviária é de 338 mil pessoas/mês - número 20,7% maior se comparado com os 280 mil passageiros/mês embarcados no antigo terminal no ano de 2007.

 

Dentre esses usuários está Maria Luíza Magalhães Rosa. No terminal rodoviário, às 11h30 da manhã, ela espera um ônibus para Brasília. “Estou levando a minha mãe para visitar meus irmãos que moram lá. Estava indo de carro, saí de Sorocaba e cheguei até Sumaré, onde o carro quebrou”, disse.

 

A mãe de Maria Luíza, Cândida Pereira de Magalhães, 69, tem sete filhos; três em Sorocaba, dois em Brasília e dois em Minas Gerais, onde mora.

 

Lugar de encontros e despedidas

 

Nem todos que passam pela Rodoviária têm destino certo ou tinham a intenção de estar ali. Os encontros e desencontros que acontecem no local quase sempre passam pelo balcão de informações turísticas.

 

Alguns caem de paraquedas. Querem ir para o Rio de Janeiro, mas vem parar em Campinas”, conta Rodrigo Paolicchi, estagiário de turismo, que trabalha durante toda a manhã dando informações com o colega André Luis Cidrão, também estagiário de turismo.

 

Além de garantirem informações sobre os pontos turísticos da cidade, a localização de prédios públicos e serviços prestados, e distribuírem mapas da cidade, fornecidos gratuitamente pela Prefeitura, os dois estagiários presenciam fatos curiosos.

 

Um deles foi o encontro de dois “velhinhos” que se conheceram pela internet e marcaram o primeiro encontro na Rodoviária. Ele, de Limeira; ela, de Campinas, talvez escolheram o lugar para o encontro por considerarem o local seguro, comentam.

 

Ele chegou ao balcão e perguntou se tínhamos visto alguma senhora, com certas características e dissemos que não. Alguns minutos depois uma ela veio nos perguntar sobre um senhor, que percebemos ser aquele que havia perguntado sobre ela”, lembra André Cidrão.

 

Preparação para a Copa é desafio

 

Manter organizado e funcionando um complexo prédio de 23 mil m² é um desafio diário para a administração do Terminal. Para o gerente de unidade, Wlademir Aparecido de Paula, alguns deles já foram superados e as mudanças já foram absorvidas no dia a dia.

 

O maior desafio quando a rodoviária foi inaugurada foi a mudança de cultura de uma rodoviária para a outra. Quando a gente fez o bilhete magnético, restringindo o acesso as áreas de embarque só aos que vão viajar disseram que estávamos restringindo o direito de ir e vir, o que não era verdade. Essa é uma medida para maior organização e segurança”, disse o gerente.

 

Segundo ele, o próximo desafio é preparar o local para a Copa do Mundo de Futebol em 2014. Para isso está sendo estudada uma mudança na comunicação visual, com informações em inglês e espanhol, e formas de recepcionar os turistas.

 

A Rodoviária em números

 

11.838.127 passageiros transportados em três anos;

 

1 mil ligações são atendidas diariamente. Nos feriados o número triplica.

 

338 mil pessoas embarcam por mês no Terminal;

 

300 linhas garantem o atendimento das cidades de Norte a Sul do país;

 

400 vagas de estacionamento oferecidas aos usuários;

 

90 táxis

Crédito: Foto: Luiz Granzotto

Crédito: Foto: Luiz Granzotto

Crédito: Foto: Luiz Granzotto

Crédito: Foto: Luiz Granzotto

Crédito: Foto: Luiz Granzotto

Crédito: Foto: Luiz Granzotto