Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Rosas de Prata é a grande vencedora do Carnaval de 2011 de Campinas


10/03/2011 - 17:37




 

Marianne Hartung

 

 

A escola de samba Rosas de Prata é a grande campeã do Carnaval 2011 "O bicho tá solto, pegue o bicho!" de Campinas. A Unidos do Shangai é a vice-campeã e a Ponte Preta – Amor Maior ficou em terceiro lugar. O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira, dia 10 de março, no Tênis Clube de Campinas, ao som de muito batuque e gritos dos torcedores, após a apuração dos votos.

 

A última colocada foi a Unidos de Santa Lúcia, que foi rebaixada e em 2012 concorrerá no Grupo de Acesso.

 

O presidente da Rosas de Prata, Marco Antônio Jeremias, recebeu a notícia com muita emoção e alegria. “Esse bicampeonato é o fruto de muito trabalho de uma equipe inteira da comunidade da Vila Castelo Branco que se empenhou para fazer mais um carnaval maravilhoso”, declarou emocionado.

 

Já no Grupo de Acesso, a escola Acadêmicos dos Amarais venceu com 194 pontos, se tornando a mais nova integrante do Grupo Especial em 2012. Em segundo lugar, com apenas um ponto a menos (193) ficou a Unidos de Vila Rica, seguida da Acadêmicos de Madureira, com 187 pontos. A escola Unidos do Grajaúna, que foi desclassificada por número de componentes inferior ao mínimo estipulado no regulamento da competição, caiu para o Grupo das Pleiteantes.

 

A escola Princesa de Madureira foi a única escola que teve as notas divulgadas no Grupo das Pleiteantes, pois a Vaikemké e a Unidos do Paranapanema foram desclassificadas. A primeira por entrar na avenida com número de componentes inferior ao mínimo estipulado no regulamento da competição, e a segunda por não completar o desfile.

 

Todas as escolas receberam notas de 10 jurados da Federação das Escolas de Samba Entidades do Estado de São Paulo (FESEC), em 10 quesitos: comissão de frente, fantasia, samba enredo, mestre sala e porta bandeira, enredo, harmonia, bateria, ala musical, evolução e alegoria.

 

As escolas desclassificadas, que não tiveram as notas divulgadas, podem requerer o relatório de notas na Secretaria Municipal de Cultura em até 48 horas a partir do término das apurações. Para ter acesso às justificativas  dos jurados, os interessados deverão comparecer à Secretaria Municipal de Cultura a partir da próxima segunda-feira, dia 14 de março.

 

Classificação geral

 

Grupo Especial:

1o. lugar – Rosas de Prata – 199 pontos

2o. lugar – Unidos de Shangai – 193 pontos

3o. lugar – Ponte Preta Amor Maior – 189 pontos

4o. lugar – Renascença – 185 pontos

5o. lugar – Leões da Vila Padre Anchieta – 183 pontos

6o. lugar – Estrela D´Alva – 173 pontos

7o. lugar – Unidos do Santa Lúcia – 143 pontos

 

Grupo de Acesso:

1o. lugar – Acadêmicos dos Amarais – 194 pontos

2o. lugar – Unidos de Vila Rica – 193 pontos

3o. lugar – Acadêmicos de Madureira – 187 pontos

 

Grupo Pleiteantes:

1o. lugar – Princesa de Madureira – 78 pontos

desclassificada – Vaikemké

desclassificada – Unidos do Paranapanema

 

 GM faz esquema especial para apuração

 

Tiago de Souza e Alberto Dini

 

A Guarda Municipal de Campinas organizou um esquema especial de segurança para a apuração do Carnaval 2011 que aconteceu nesta quinta-feira, 10 de março, no Tênis Clube. O planejamento de reforço especial contou com um efetivo de 80 guardas, para garantir a segurança dos presentes no evento, que terminou consagrando a escola Rosas de Prata como bicampeã do carnaval campineiro.

 

Além do reforço nas dependências do clube, o Grupo de Ações Especiais (GAE) fez o patrulhamento na área externa. “É um evento que envolve torcida, paixão, então participamos com um efetivo especial para que tudo ocorresse da maneira mais tranquila possível”, explicou o Comandante da GM, Wagner Gonçalves de Carvalho. Segundo ele, nenhuma ocorrência foi registrada.

 

O esquema especial de segurança para apuração finaliza o trabalho realizado pela GMC durante todo o período de Carnaval na cidade, que contou com mil pessoas trabalhando. Nos próximos dias, um balanço sobre as principais ocorrências deverá ser finalizado e disponibilizado para a população.

 

Carnaval

 

A Secretaria de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública (SMCASP) montou esquema especial para garantir a tranquilidade do folião que foi ao Carnaval de Campinas. Um Gabinete de Crise foi planejado e montado com a participação de diversos órgãos públicos, sob coordenação da Secretaria.

 

Foram cerca de mil pessoas trabalhando para garantir a segurança dentro e fora da avenida do samba. A Guarda Municipal teve um efetivo de 250 integrantes trabalhando na área interna da avenida. Outros 280 policiais militares atuaram na área externa do evento.

 

Além disso, mais 250 seguranças particulares foram contratados e o restante foi composto por agentes públicos da Defesa Civil, do Conselho Tutelar, da Policia Civil, do Juizado da Infância e do Corpo de Bombeiros.

 

A Central de Monitoramento de Campinas (CIMCamp) posicionou quatro câmeras especialmente direcionadas para a área em que ocorreu o Carnaval. Além disso, foram colocados monitores nas bases locais e na central da Guarda Municipal.


A SMCASP estabeleceu a divisão da Avenida do Samba em quatro setores, que também foram subdivididos, facilitando tomadas rápidas de decisões caso fosse necessário. O entorno da avenida também foi monitorado pelo efetivo de plantão da GMC, para evitar ocorrências nessas localidades e inibir ações de criminosos.

 

Crédito: Valéria Abras

Crédito: Valéria Abras

Crédito: Valéria Abras

Crédito: Valéria Abras

Crédito: Valéria Abras

Crédito: Valéria Abras

Crédito: Valéria Abras

Crédito: Valéria Abras

Crédito: Valéria Abras

Crédito: Valéria Abras