Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Distrito do Campo Grande ganha minissistema cicloviário com 5,12 km


10/02/2020 - 10:03




O Distrito do Campo Grande acaba de ganhar 5,12 km de ciclovia, ciclofaixa, ciclorrota e calçada compartilhada. O minissistema começa na Praça da Concórdia, seguindo pela Avenida Professora Aracy Caixeta Barbosa, passando pela Praça João Amazonas e chegando ao Terminal Itajaí. Há uma ramificação pela Rua Dr. Pedro Miguel e Avenida Frei Antônio de Sant’ana Galvão, chegando ao Conjunto Habitacional Jardim Bassoli e ao ginásio de esportes.
 
 
A inauguração do minissistema cicloviário ocorreu na manhã de sábado, 8 de fevereiro, em cerimônia na Praça da Concórdia. O evento contou com a presença do prefeito Jonas Donizette, secretários municipais, vereadores, moradores da região, grupos de ciclistas e técnicos da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec).
 
 
“O Campo Grande, nós já transformamos em Distrito; trouxemos uma subprefeitura, equipamentos de saúde, o BRT (Bus Rapid Transit – Ônibus de Trânsito Rápido) e, agora, a ciclovia. O Campo Grande está se transformando. Estamos melhorando a vida da população”, destacou o prefeito Jonas Donizette, durante a inauguração.
 
 
Com mais esta entrega, Campinas acumula quase 46 km de rotas cicloviárias (ciclovias, ciclofaixas, ciclorrotas e calçadas compartilhadas). Os investimentos no Campo Grande foram da ordem de R$ 1,04 milhão. O percurso atende aos bairros Parque Valença, Jardim Novo Maracanã, Jardim Maracanã, Jardim Metonópolis, Jardim Santa Clara, Jardim Liliza, Conjunto Habitacional Parque Itajaí, Parque da Floresta, Conjunto Residencial Parque São Bento e Jardim Bassoli.
 
 
Ele também passa por diversos pontos de interesse, como terminal urbano, subprefeitura, praças, ginásio esportivo, escolas e pontos comerciais. Paraciclos foram implantados em pontos estratégicos, como na Praça da Concórdia, na Praça João Amazonas e no Terminal Itajaí.
 
 
“Estamos cumprindo mais uma importante meta da Administração municipal, entregando essa importante ciclovia para a região. Futuramente, ela será interligada ao novo Terminal BRT Campo Grande”, enfatizou o secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro.
 
 
Sistemas cicloviários
 
 
A implantação permitiu a formação do primeiro minissistema de rotas cicloviárias do Distrito do Campo Grande, promovendo a integração do modo ativo de transporte (bicicleta) com o transporte coletivo. Campinas já possuía outros dois minissistemas cicloviários (conceito de ciclovia, cortando partes importantes de um bairro, interligados a um terminal urbano).
 
 
O primeiro, no Distrito de Nova Aparecida, foi inaugurado em 10 de maio de 2018. E o do Distrito de Barão Geraldo foi inaugurado em 12 de abril de 2019. O conceito de sistema cicloviário, elaborado pela Emdec, é de integrar a bicicleta como modal de transporte para pequenos deslocamentos, aliado ao deslocamento maior, feito pelo transporte público.
 
 
A bicicleta é indicada para deslocamentos curtos, com raio em torno de 5 km. O conceito de “last mile” (última milha). Com velocidade média de 15 km/h, o tempo médio do percurso fica em 20 minutos.
 
 
“O nosso Plano Cicloviário é muito importante; e vamos continuar ativamente com ele”, afirmou o prefeito Jonas.
 
 
Próxima entrega
 
 
A Administração municipal finaliza os preparativos para entregar mais um trecho de ciclofaixas e uma ciclorrota, no Distrito de Barão Geraldo. O traçado será integrado ao atual minissistema cicloviário do Distrito e abrange as vias Oscar Pedroso Horta, Luiz de Tella e Monsenhor Loschi.  O trajeto engloba a região da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).
 
 
Ciclovias no município
 
 
Além da ciclovia do Campo Grande (5,12 km), a Administração municipal já entregou a ciclovia de Barão Geraldo (1,9 km); ciclovia na Avenida Washington Luiz (1,4 km); ciclovia na Avenida Baden Powell (2,3 km); ciclovia na Avenida Theodureto de Almeida Camargo (1,6 km); ciclovia na Avenida José de Souza Campos (Norte-Sul), com 1,3 km; ciclovia na Avenida Isaura Roque Quércia, continuação da Mackenzie (6,7 km); e três trechos de ciclovias no Distrito de Nova Aparecida (2 km).
 
 
O sistema cicloviário do município contempla mais de 180 km de ciclovias, nas diversas regiões; e será articulado com os principais eixos do transporte público coletivo.

Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Carlos Bassan

Foto: São 5,12 km de ciclovia, ciclofaixa, ciclorrota e calçada compartilhada. | Crédito: Carlos Bassan

São 5,12 km de ciclovia, ciclofaixa, ciclorrota e calçada compartilhada.

Crédito: Carlos Bassan

Foto: Ciclista usa faixa especial | Crédito: Carlos Bassan

Ciclista usa faixa especial

Crédito: Carlos Bassan

Foto: Jonas fala em cerimônia de entrega das obras | Crédito: Carlos Bassan

Jonas fala em cerimônia de entrega das obras

Crédito: Carlos Bassan

Foto: Ciclistas prestigiaram o evento | Crédito: Carlos Bassan

Ciclistas prestigiaram o evento

Crédito: Carlos Bassan

Foto: Barreiro explica o plano cicloviário do município | Crédito: Carlos Bassan

Barreiro explica o plano cicloviário do município