Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Prefeitura solicita doação de áreas para expansão do sistema viário


23/12/2019 - 16:22




O prefeito de Campinas em exercício, Henrique Magalhães Teixeira, realizou duas importantes reuniões na manhã do último sábado, 21 de dezembro, em seu gabinete, e que contou com a participação de representantes da concessionária Rota das Bandeiras, Secretaria do Patrimônio da União (SPU), Ministério Público, Aeroporto de Viracopos e da própria Prefeitura.
 
No primeiro encontro, a Prefeitura Municipal de Campinas solicitou à União a doação de uma área a fim de regularizar e aprimorar o sistema viário e rodoviário do município.
 
O pedido visa a solução de duas pendências que estão impactando a vida dos munícipes. A primeira refere-se à Avenida Aladino Selmi, eixo viário pertencente à Rede Estrutural de Mobilidade que, nos termos do Plano Diretor, tem partes da duplicação já executadas em área que ainda é de propriedade da União, mais precisamente do Centro de Tecnologia da Informação (CTI).
 
A outra situação é referente às áreas necessárias à conclusão da obra do trevo de acesso à Rodovia D.Pedro I à Avenida Aladino Selmi. Embora seja estadual, a rodovia é importante para o município, principalmente, para a redução de barreiras físicas e ampliação de possibilidades de acesso à cidade.
 
Há um Termo de Acordo e Compromisso (TAC) firmado entre Ministério Público, Rota das Bandeiras e Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) para a conclusão das obras. Provisoriamente, enquanto Prefeitura e União tratam das questões legais sobre a doação de área, foi solicitada, em caráter provisório, que a Rota das Bandeiras possa concluir as obras previstas no TAC.
 
O gerente de faixa de domínio da Rota das Bandeiras, Francisco Gomes da Costa, enalteceu o encontro.
 
“Obrigado a todos que vieram, num sábado, quase véspera de Natal, para discutir um assunto importante. Temos muitas obras em andamento e essa, com certeza, é uma das principais”, afirmou.
 
O superintendente do Patrimônio da União em São Paulo, Eduardo Barroso, disse que fará todos os esforços possíveis em prol desta importante obra.
 
“Faremos todos os esforços possíveis para equacionar este problema. Nosso objetivo sempre será apoiar as obras importantes que estiverem sob nossa alçada. A SPU sempre vai apostar no desenvolvimento e na melhoria das condições de vida das pessoas. Resolver problemas e gargalos administrativos e burocráticos em favor da população tem sido nosso objetivo”, pontuou.
 
Henrique Magalhães Teixeira agrdeceu pelo esforço coletivo.
 
“Só posso agradecer o envolvimento de todos os atores presentes aqui hoje como o nosso Departamento de Planejamento e Desenvolvimento Urbano, a Rota das Bandeiras e o Ministério Público no sentido de resolvermos juntos os problemas comuns. Sempre será positivo quando houver união de forças”, completou
 
Encontros frequentes
 
A segunda reunião serviu para que a coordenadora jurídica do Aeroporto Internacional de Viracopos, Fabíola Gonçalves, reforçasse o desejo de que a Prefeitura de Campinas mantivesse a postura de intermediar os encontros relativos às questões que envolvem a expansão do aeroporto.
 
Como ela mesma reforçou, o aeroporto está sob concessão do Governo Federal e não tem acesso direto a algumas questões e procedimentos.
 
“O aeroporto é importante para todos nós já que é evidente que a economia de Campinas também depende deste terminal”, disse.
 
Henrique Magalhães Teixeira reafirmou o desejo coletivo de caminhar junto.
 
“Podem contar com esta Administração naquilo que for de interesse da nossa comunidade. Juntos seremos sempre mais fortes”, reforçou o prefeito de Campinas em exercício.
 

Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução