Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Projeto incentiva meninas a ingressarem no mundo da tecnologia


13/11/2019 - 13:39




Um grupo de 76 meninas que estudam em escolas municipais de Campinas participou, nesta segunda (11) e terça-feira (12), de uma imersão no mundo da tecnologia, através do evento Americas girls can code, no campus Campinas do IFSP (Instituto Federal de São Paulo). A atividade foi promovida pela União Internacional de Telecomunicações (UIT) na região das Américas, em parceria com a IMA (Informática de Municípios Associados), Secretaria da Educação de Campinas, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo, com o apoio do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer e Sanasa.
 
O projeto nasceu a partir da campanha pelo Dia Internacional de Meninas em ICT (Girls in ICT), que é uma iniciativa apoiada pelos países membros da UIT para promover a inclusão digital de meninas e jovens mulheres por meio da transformação, acesso e conhecimento na área de Tecnologia da Informação e Comunicações – TIC.
 
A programação do evento contemplou oficinas, rodas de conversa e palestras, voltadas para estudantes do oitavo e nono anos das Emefs (Escolas Municipais de Ensino Fundamental) Padre Leão Vallerie, do Parque Valença, e Dr. Edson Luis Chaves, do Jardim Santa Rosa.
 
“As meninas estão cada vez mais se interessando pela tecnologia e temos a obrigação de dar esse apoio e incentivo”, disse o diretor técnico e de Governança Corporativa e Compliance da IMA, Márcio Fernando Corrêa Ricardo.
 
O secretário de Desenvolvimento Econômico, André Von Zuben, destacou que a Prefeitura de Campinas atua em várias frentes, com o propósito de garantir a inclusão digital, com  atividades específicas de tecnologia, voltadas para jovens e mulheres. “O mundo só vai ser melhor se tivermos o protagonismo feminino e a tecnologia é fundamental para que isso possa acontecer”, afirmou.
 
O assessor da Secretaria da Educação, Thiago Ferrari, que representou no evento a secretária Solange Pelicer, lembrou que a intenção é que esse programa se estenda para toda a rede futuramente. “Essas meninas representam a quebra de um paradigma. Que elas possam, com essa atividade, entender a missão e a responsabilidade em inspirar muitas jovens”.
 
O vice-prefeito de Campinas, Henrique Magalhães Teixeira, também esteve presente no evento e lembrou que Campinas foi declarada a cidade mais inteligente e conectada do Brasil. “A coragem da mudança que essas meninas representam pode fazer muito por Campinas, por São Paulo, pelo Brasil e pelo mundo”, avaliou.
 
A estudante Kathleen Cristina de Jesus dos Santos Bonilha, de 15 anos, não conseguia esconder a ansiedade em participar do treinamento. “É um evento que vai inspirar várias mulheres. Esse projeto abre portas que nos deixam muito felizes”, afirmou. Para a aluna Karini Prates, de 15 anos, ter contato com a tecnologia é imprescindível. “Esse curso é uma oportunidade única de aprender tantas coisas, de fazer o nosso próprio nome”, avaliou. 
 
 
 
 

Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Arquivo PMC

Foto: Com o  programa Americas girls can code meninas da rede municipal de ensino fazem  imersão no mundo da tecnologia | Crédito: Arquivo PMC

Com o programa Americas girls can code meninas da rede municipal de ensino fazem imersão no mundo da tecnologia