Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Concurso de redação Carlos Gomes é aberto com palestra musicada


28/08/2019 - 16:30




Na manhã desta quarta-feira, dia 28 de agosto, cerca de 200 estudantes do 5º ano da Rede Municipal de Ensino de Campinas participaram de uma palestra musicada que deu início ao Concurso Carlos Gomes. O evento foi realizado no Salão Vermelho da Prefeitura. Com a proposta de preservar e difundir a memória do maestro campineiro, o concurso de redação voltado para alunos dos 5º anos da rede municipal de ensino foi criado em 2013, por meio de uma parceria entre as secretarias de Educação e Cultura, Academia Campinense de Letras (ACL) e o Rotary Club Carlos Gomes.
 
 
A palestra musicada entrevistou estudiosos da obra de Carlos Gomes. Os estudantes também assistiram a exibição de vídeo que conta a vida do compositor e ouviram a execução de músicas compostas por ele. Estavam presentes Rosângela Figueiredo, representando a Secretaria de Educação, a cantora Vera Pessagno Bréscia, Maria José de Souza, do Rotary Club, o estudioso da obra José Mário Regina, e Jorge Alves de Lima, presidente da ACL e o escritor de uma trilogia de livros que contam a vida de Gomes.
 
 
Podem participar do concurso alunos dos 5° anos de escolas municipais de Campinas. Cada um deles deve escrever uma redação sobre Carlos Gomes, podendo ser uma narrativa ficcional ou não, de até uma página impressa em fonte Arial tamanho 12. A Comissão que avalia os trabalhos recebe uma média de 200 textos todos os anos.
 
 
O vencedor ganha um tablet, um troféu e um livro. Do segundo ao quarto colocados ganham um troféu e um par de tênis e um livro cada. Também serão distribuídas menções honrosas para os professores dos ganhadores e 10 bolsas de estudos no Conservatório Carlos Gomes.
 
 
Para se preparar para as redações, os estudantes participarão de quatro outras palestras para terem mais subsídios sobre o compositor.
 
 
Quem foi Carlos Gomes
 
 
Carlos Gomes nasceu em Campinas, em 1836. Filho de um maestro, começou desde cedo a estudar música. Sua mãe foi assassinada quando ele tinha apenas 8 anos, fato que marcou sua vida e impactou em sua obra, segundo a cantora Vera Pessagno Bréscia. Em suas composições há a presença de tragédias e mulheres tristes e desequilibradas.
 
 
A obra de Gomes encantou o imperador D. Pedro II e depois o resto do mundo. Ele foi o primeiro compositor brasileiro a se apresentar na Escala de Milão, principal teatro da Itália naquele momento, com a ópera O Guarani. É considerado o maior compositor lírico das américas. “Carlos representa o Brasil, os talentos e a determinação”, disse Vera.

Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução