Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Ciência e Arte no Inverno (Cafin) incentiva alunos a buscar vida acadêmica


16/07/2019 - 16:24




Em sua quarta edição, o programa Ciência e Arte no Inverno (Cafin) leva 92 alunos de 30 escolas da rede pública municipal para conhecer de perto a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) por meio de oficinas, palestras e apresentações culturais, de ciências e artes. O programa começou na última segunda-feira, dia 15 de julho, e vai até a próxima sexta-feira, dia 19. A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação de Campinas e a Unicamp.
 
 
O objetivo é atrair jovens para a Ciência e a Arte. Segundo documento entregue aos participantes do programa, a melhor maneira de despertar jovens talentos para a pesquisa científica e atividades artísticas é envolvê-los, desde cedo, em atividades práticas relacionadas com os desafios atuais das ciências e das artes e com o ambiente de pesquisa na universidade.
 
 
Estiveram presentes na abertura do 4º Cafin, a secretária municipal de Educação, Solange Pelicer; a reitora em exercício da Unicamp, Teresa Celina; além de representantes do Núcleo de Ação Educativa Descentralizada (NAED) de Campinas e de pró-reitorias da universidade. Houve também apresentação da escola pública de música Primeira Nota, outra parceria entre Secretaria e Unicamp para a formação musical.
 
 
Para a secretária de Educação, a oportunidade que os jovens estão tendo na Unicamp, os incentivou a estudar, questionar e se esforçar. “Essa vivência vai ficar marcada na vida de vocês, aproveitem”, disse Solange aos presentes.
 
 
Futuro universitário
 
 
Os participantes da quarta edição do programa Ciência e Arte no Inverno (Cafin) foram escolhidos pelas equipes de cada escola. Para participar, eles precisavam estar no 8° ou no 9° ano do Ensino Fundamental e cada unidade podia solicitar até três vagas.
 
 
Na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) “Virgínia Mendes Antunes”, no Jardim Maria Rosa, por exemplo, os três estudantes convidados foram Paulo Silva, João Vinícius Campos e Yago Bastos. Eles estão com 14 anos, tiram boas notas e desejam estudar na universidade no futuro. 
 
 
O Cafin vai contar com atividades sobre construção de robôs, uso de emojis e dicionários, produtos integrais de panificação e de produção de máscaras, entre outras. Os alunos vão fazer as refeições no Restaurante Universitário (RU) e terão transporte oferecido pela Secretaria Municipal de Educação.

Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Divulgação

Foto: Programa quer despertar nos jovens participantes o interesse pela pesquisa científica e pelas artes | Crédito: Divulgação

Programa quer despertar nos jovens participantes o interesse pela pesquisa científica e pelas artes