Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Transportes apresenta ações sobre Desenvolvimento Sustentável em São Paulo


07/06/2019 - 14:47




O secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Carlos José Barreiro, participou na manhã desta sexta-feira, dia 7 de junho, de mesa de discussão sobre Mobilidade Urbana e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), durante o “Impact Day”, promovido pela consultoria Deloitte, em São Paulo. O evento também é representado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e do Programa Cidades Sustentáveis.
 
 
A finalidade do encontro foi discutir e compartilhar metodologias e boas práticas em políticas públicas relacionadas ao tema. Barreiro fez uma apresentação sobre as boas práticas em Mobilidade Urbana, atualmente desenvolvidas em Campinas. “Temos inovado em vários setores, com diversas ações. Tudo para alcançar a nossa maior missão, que é a preservação de vidas no trânsito.”
 
 
O secretário de Transportes apresentou os dados de acidentalidade no município. Em 2018, Campinas registrou 65 vítimas fatais de acidentes de trânsito na malha urbana. O número é 24,4% menor que em 2017, quando foram 86 mortes. Trata-se do menor índice de vítimas fatais na malha urbana já registrado, desde o início da medição realizada pela Emdec, em 2003.
 
 
O índice de mortes no trânsito por 100 mil habitantes de Campinas é de 5,44, comparável ao de cidades do mesmo porte de Campinas, em países do primeiro mundo. Em países de baixa renda, o índice de mortes no trânsito por 100 mil habitantes é de 24,1. Países de renda média, de 18,4. Países de renda alta, de 9,2. E a média no mundo é de 17,4.
 
 
Inovações
 
 
Na apresentação, Barreiro também destacou a inserção de ônibus elétricos na frota regular do sistema de transporte público coletivo de Campinas. São 13 veículos em circulação. A criação da chamada “Área Branca”, prevista para a nova licitação do transporte, que contempla uma região no Centro que terá apenas a circulação de ônibus movidos por energia limpa.
 
 
A inserção de acesso gratuito à internet sem fio, por conexão Wi-Fi, em ônibus do transporte público também foi lembrada. São 117 ônibus de 13 linhas. A eliminação total do uso do dinheiro para pagamento da passagem de ônibus, dentro dos veículos, com a adoção do tíquete QR Code (Quick Response Code; Código de Resposta Rápida), aliado ao uso dos cartões da família Bilhete Único (BU), foi outro ponto apresentado.
 
 
Também foram divulgadas, durante a apresentação, a implantação do sistema cicloviário no município e a “Campanha Viva”. E, como destaque especial, a implantação dos três corredores BRT (Bus Rapid Transit, Ônibus de Trânsito Rápido) em Campinas – Campo Grande, Ouro Verde e Perimetral. O BRT é a maior obra de Mobilidade Urbana já realizada no município; e a maior obra pública em execução no Brasil, no momento. São 36,6 km de corredores exclusivos; 16 pontes e viadutos; e 38 estações e cinco terminais.
 
 
ODS
 
 
Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são uma agenda mundial adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, em setembro de 2015. São compostos por 17 objetivos e 169 metas; a serem atingidos até 2030.
 
 
Na agenda estão previstas ações mundiais nas áreas de erradicação da pobreza, segurança alimentar, agricultura, saúde, educação, igualdade de gênero, redução das desigualdades, energia, água e saneamento, padrões sustentáveis de produção e de consumo, mudança do clima, cidades sustentáveis, proteção e uso sustentável dos oceanos e dos ecossistemas terrestres, crescimento econômico inclusivo, infraestrutura, industrialização, entre outros.

Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Divulgação

Foto: A inserção de ônibus elétricos na frota do sistema de transporte coletivo de Campinas foi um destaques | Crédito: Divulgação

A inserção de ônibus elétricos na frota do sistema de transporte coletivo de Campinas foi um destaques