Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Livro de jornalista voluntário narra histórias de superação de pacientes


13/09/2017 - 14:26




Washington joga rugby, mas quando tinha 17 anos mergulhou numa piscina e ficou tetraplégico. Beatris teve um AVC na lua-de-mel e ficou paralisada, atualmente está animada em voltar ao trabalho. Tamires também teve AVC aos 24 anos e está numa cadeira de rodas, mas consegue ficar em pé com ajuda e trabalha com a possibilidade de voltar a andar. Paulo tem ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica): a doença degenerativa o faz comunicar-se só via computador, mas ele diz que, enquanto tiver condições, quer continuar vivo.
 
Aqueles que se tornaram cadeirantes ou estão limitados pelas doenças fazem questão de dizer que estão vivos e contam suas histórias no livro Estou Vivo (Editora Pontes), escrito pelo jornalista João Nunes e organizado pela psicóloga aposentada Maria Rodrigues Naves, do Centro de Referência em Reabilitação (CRR) Jorge Rafful Kanawaty – SUS Campinas, no distrito de Sousas. A obra será lançada no dia 26 de setembro, no Salão Vermelho da Prefeitura Municipal de Campinas, pela Pontes Editores.
 
O livro em si tem uma história de resiliência como seus personagens: inicialmente, previu-se o financiamento via vaquinha virtual. Porém, a equipe de profissionais do CRR, sensibilizada, resolveu assumir o projeto e organizou um sarau. O resultado foi animador, pois se arrecadou mais de 3 mil reais. Como o projeto estava alçado em cerca de 9 mil, a mesma equipe decidiu fazer um bingo com prendas arrecadadas junto a amigos e parentes. Essas duas ações praticamente financiaram o livro – sem contar o dinheiro das vendas no lançamento. Estou Vivo passou a ser chamado carinhosamente de “nosso livro” pois é da organizadora, do escritor, dos donos da história, da equipe do CRR e de todos que se envolveram na empreitada.
 
Estou Vivo é resultado de um trabalho voluntário do jornalista João Nunes, da psicóloga Maria Rodrigues Naves e de todos que se envolveram no projeto. Toda a arrecadação das vendas irá para os donos da história. São 13 depoimentos. Onze de pacientes atendidos por Maria, que sofreram traumas físicos, recuperaram parte das capacidades motoras e reiniciaram uma vida nova. O décimo-segundo é de um ex-paciente que não ficou com sequelas e se tornou responsável por uma das oficinas do CRR e o décimo-terceiro, da mãe de um dos pacientes, que também se tornou cuidadora.
 
SERVIÇO
Lançamento do livro Estou Vivo
 
Dia 26 de setembro, das 17h às 20h, no Salão Vermelho da Prefeitura (Avenida Anchieta, 200, centro)
Entrada franca. Preço do livro: R$ 30,00

Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Reprodução

Foto: Capa do livro, que será lançado dia 26 de setembro | Crédito: Reprodução

Capa do livro, que será lançado dia 26 de setembro