Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Seplan finaliza oficinas de diagnóstico para revisão do Plano Diretor


06/07/2015 - 18:06




 

A Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (Seplan) finalizou na última sexta-feira, dia 3 de julho, a série de oficinas de diagnóstico comunitário para a revisão do Plano Diretor de Campinas. Ao todo, foram realizadas dez reuniões, duas por noite, em cada região da cidade – Norte, Sul, Noroeste, Leste e Sudoeste. Os encontros possibilitaram discutir, junto com a comunidade, o futuro do município para os próximos 10 anos.

 

 

Na etapa dos diagnósticos foi reafirmado o levantamento anterior, também construído com a participação da sociedade, referente à leitura da situação da 'cidade que temos'. Como resultado, foram identificados os principais problemas e as potencialidades presentes nas diferentes regiões da cidade.

 

 

De acordo com secretário da Seplan, Fernando Vaz Pupo, a semana de realização das oficinas foi muito produtiva, possibilitando aos moradores das cinco regiões da cidade expressarem suas opiniões em relação aos problemas que enfrentam no cotidiano e ao potencial do seu bairro. Esses pontos foram relacionados aos eixos estruturantes do Novo Plano Diretor Estratégico.

 

 

A metodologia desenvolvida pela nossa equipe permitiu que a comunidade desenhasse, sobre os mapas da cidade, suas aspirações e suas opiniões. Isso nos traz um conjunto de informações extremamente importantes que são frutos das dificuldades, dos problemas, mas também do potencial que a população enxerga na sua região e no município como um todo”, enfatizou Pupo.

 

 

Com esse material em mãos, a equipe técnica da Secretaria de Planejamento retoma os estudos internos que visam mesclar as informações técnicas, a partir de dados da própria Seplan e também das demais secretarias que compõem a Administração Municipal, com o que foi coletado durante as oficinas de diagnóstico comunitário. Depois dessa análise é que começam a ser esboçadas as propostas que irão compor o texto da nova lei do Plano Diretor.

 

 

Depois que elaborarmos esse material, vamos voltar para a comunidade para que a população possa opinar sobre as propostas concretas para o futuro Plano Diretor e para a Lei de Uso e Ocupação do Solo. Terminada essa etapa, o prefeito vai mandar o Projeto de Lei (PL) para a Câmara Municipal, onde haverá uma nova discussão promovida pelos vereadores”, explicou o secretário.

 

 

Pupo fez questão de ressaltar o empenho e o compromisso mostrado pela equipe responsável pela revisão do Plano Diretor desde o início das discussões e, principalmente, nesta última semana, quando foram realizadas dez reuniões, duas por noite.

 

 

A equipe desenvolveu um trabalho de excelência e merece meu reconhecimento pela dedicação, pelo empenho, pela capacidade de produzir o material e também pela qualidade do debate. Isso revela o compromisso demonstrado por toda a equipe, os técnicos e os operacionais, com o Plano Diretor, com a Administração e, acima de tudo, com a população da cidade de Campinas”, completou Pupo.

 

 

Como participar

 

 

Além de participar de debates, audiências e consultas públicas com os segmentos da comunidade para a formulação, execução e acompanhamento do plano, a população pode mandar suas sugestões via internet, por meio do site www.planodiretor.campinas.sp.gov.br.

 

 

Há ainda a possibilidade de utilizar o Sistema 156, tanto pelo telefone como pela internet, ou mesmo de registrar as contribuições no Protocolo Geral da Prefeitura.

 

 

Plano Diretor

 

 

O Plano Diretor é uma lei municipal que tem como princípio o desenvolvimento da totalidade do território municipal, de forma equilibrada, a partir da concepção de uma cidade ambientalmente sustentável.

 

 

Para isso, utiliza os instrumentos urbanísticos previstos no Estatuto da Cidade, instrumento jurídico que visa garantir uma cidade mais justa para todos os cidadãos, independentemente de sua condição social.

 

 

Alguns desses instrumentos preveem a criação de moradias de interesse social em áreas com infraestrutura, estabelecem modelo de gestão pública baseada no diálogo permanente entre governo e sociedade civil, além de aumentarem a arrecadação do município para permitir investimentos em moradia e equipamentos destinados a melhorar a vida dos cidadãos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Zeca Filho

Foto: Reunião no São Domingos | Crédito: Zeca Filho

Reunião no São Domingos

Crédito: Zeca Filho

Foto: Pupo participa dos encontros | Crédito: Zeca Filho

Pupo participa dos encontros

Crédito: Divulgação Seplan

Foto: Diretora apresenta dados | Crédito: Divulgação Seplan

Diretora apresenta dados

Crédito: Divulgação Seplan

Foto: Morador ilustra sua proposta | Crédito: Divulgação Seplan

Morador ilustra sua proposta

Crédito: Divulgação Seplan

Foto: Mapa da região sudoeste | Crédito: Divulgação Seplan

Mapa da região sudoeste