Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Bairros da Região Norte recebem mutirão contra a dengue, a partir desta 5ª


10/12/2014 - 17:59




 

A Prefeitura de Campinas, por meio da Secretaria de Serviços Públicos, promove nestas quinta e sexta-feiras, dias 11 e 12 de dezembro, um mutirão de limpeza na região norte da cidade. Serão atingidos os bairros Vila Olímpia, Parque Cidade, San Martin, Campo Florido, Mirassol, CDHU, Jardim Campineiro, São Marcos e Santa Mônica, totalizando mais de 100 mil moradores beneficiados com a estratégia.

 

 

A ação integra a frente de trabalho da Administração para a prevenção da dengue e da chikungunya, já que implica no recolhimento de recipientes e de outros materiais que podem se constituir em criadouros do mosquito transmissor, o Aedes aegypti.

 

 

Um contingente de 515 homens – sendo 255 reeducandos - será mobilizado para trabalhos que incluem remoção de resíduos, roçada de córrego e mato, arborização, corte de grama, poda de árvores, capinação e varrição. Além disso, seis equipes vão atuar especificamente em atividades de cata-treco e promover a limpeza de bocas de lobo.

 

 

Na mesma região Norte, também na frente contra a dengue, acontece bloqueio químico – nebulização com inseticida para matar o mosquito adulto - nesta quinta-feira, dia 11, no Jardim São Marcos. E, na sexta-feira, 12, será a vez da remoção de criadouros e cata-bagulhos na Vila Padre Anchieta.

 

 

O biólogo Ovando Provatti, coordenador do Programa de Controle da Dengue da Vigilância em Saúde (Visa) Norte informou que estas áreas que passarão por limpeza, retirada de mato e entulho apresentam situação ambiental complicada, com muitos pontos de descarte de resíduos. São locais que recebem ações com frequência, mas a reposição por parte dos moradores é muito rápida.

 

 

Provatti reforça que a medida mais eficaz no combate à dengue é a eliminação dos objetos que acumulam água, que podem servir de criadouros para o mosquito transmissor.

 

 

Além da atuação do poder público, cada cidadão tem que cuidar do seu quintal, da sua rua, do seu bairro, da cidade. O combate à dengue exige o envolvimento da população. É necessário um trabalho conjunto e diário”, diz.

 

 

Após as ações de limpeza e remoção de criadouros, a Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável vai promover a recuperação de áreas degradadas por meio de plantio de árvores e de outras ações em matas ciliares. A Secretaria de Educação vai desenvolver atividades nas escolas. A Sanasa também está envolvida na operação, tanto com trabalhos de campo quanto com ações de educação e mobilização social.

 

 

Todas as ações contra a dengue contemplam também a prevenção da chikungunya, doença transmitida pelo mesmo mosquito vetor da dengue. Portanto, as medidas profiláticas servem para prevenir as duas doenças.

 


Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução