Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Restaurada, caravela volta a integrar paisagem da Lagoa do Taquaral


29/09/2014 - 12:23




 

O prefeito Jonas Donizette e o Secretário de Serviços Públicos, Ernesto Paulella, entregaram à população de Campinas na manhã deste domingo, 28 de setembro, a caravela Anunciação restaurada. A Nau, que é um patrimônio da cidade e símbolo do Parque Portugal, consumiu 15 meses de trabalho minucioso que custaram R$ 960 mil aos cofres da Prefeitura.

 

Na cerimônia, o prefeito Jonas Donizette destacou a importância de se resgatar o passado como forma de apontar um futuro “e o restauro da caravela tem importante representação simbólica para os campineiros que cresceram ou estão crescendo em nossa cidade”, afirmou Jonas.

 

Para o Secretário de Serviços Públicos, Ernesto Paulella, a missão de restauro da caravela foi encarado como um desafio. “Hoje é um dia especial pela definição do resgate de um dos ícones campineiros”, finalizou o secretário.

 

Durante a cerimônia de inauguração, houve performance com personagens que compõem a rotina de uma embarcação, montada pela companhia de teatro Cia Santa e apresentação de danças típicas portuguesas. Centenas de usuários da Lagoa do Taquaral prestigiaram o evento, além de integrantes da equipe da Marinha Nacional do Brasil, que participou diretamente de todo o processo de reforma. Secretários municipais, vereadores e representantes de instituições civis também estavam presentes na cerimônia.

 

O projeto de restauro contemplou as características originais da embarcação, inclusive os mastros e a cor vermelha. Outra atração do parque que estava desativada há 12 anos e que voltou a funcionar é a fonte luminosa que fica dentro da lagoa.

 

Restaurado, o navio foi atracado fora d'água, encaixado em um deque de madeira com cerca de 60 metros de extensão por cinco metros de largura onde foram instalados bancos e floreiras. Bonecos, confeccionados pelo artista Jésus Sêda, representando tripulantes que compõem esse tipo de embarcação, estão espalhados pelo navio onde permanecerão definitivamente.

 

A nau abrigará ainda um museu naval, que deve estar concluído em seis meses, com acervos de fotos e dados sobre o tema, além de utensílios que eram transportados por Portugal na época como barril, corda, tonel, âncora, baú, pratos. Depois de pronto, o museu servirá de laboratório de conhecimento da história do Brasil, onde as escolas farão visitação monitorada mediante agendamento.

 

A visitação na caravela ocorrerá aos sábados, domingos e feriados da 8h às 12h e das 14h às 18h. Durante a semana ficará disponível para atender a agendamento de escolas.

 

 

Restauro

 

 

Para resgatar de forma fiel as características da embarcação, foram utilizados materiais específicos e mão de obra artesanal. O trabalho minucioso ofereceu riscos como, por exemplo, durante a movimentação do barco. Foram substituídos todos os arranjos estruturais como piso do convés, revestimentos, do casco. Também foram aplicados produtos para preservar a madeira, pintura, reconstrução de todo o sistema de mastreação como mastros, velas.

 

Para a confecção das velas foi preciso de aproximadamente 400 metros de tecido, 1,3 mil metros de corda e 400 metros de cabo de aço, além de mais de 160 peças como roldana, sapatilha e moitão que compõem a engrenagem para instalação e movimentação das velas.

 

Todo o trabalho de restauro foi feito de forma artesanal, com a utilização de madeiras nobres como garapeira, ipê e cumaru, por carpinteiros da Prefeitura que montaram a Nau peça a peça sob a coordenação de engenheiros e arquitetos.

 

 

Réplica

 

 

A caravela da Lagoa do Taquaral foi construída no próprio local e inaugurada em 1972. A embarcação é réplica da nau Anunciação que trouxe Pedro Álvares Cabral às terras brasileiras em 1500.

 

Para isso, o Museu da Marinha Nacional, no Rio de Janeiro, enviou na época documentos e plantas da caravela original. A nau campineira tem 28,30 metros de extensão e 38 metros de altura, enquanto que a largura máxima é de 8,5 metros. Pesa entre e 80 e 100 toneladas e possui cinco andares.

 

Em 2008, a caravela afundou devido a uma série de fissuras em seu casco e precisou ser içada para ser reformada.


Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Carlos Bassan

Foto: Vista geral da caravela | Crédito: Carlos Bassan

Vista geral da caravela

Crédito: Carlos Bassan

Foto: Prefeito descerra a placa de inauguração | Crédito: Carlos Bassan

Prefeito descerra a placa de inauguração

Crédito: Carlos Bassan

Foto: População faz fila para visitar a caravela | Crédito: Carlos Bassan

População faz fila para visitar a caravela

Crédito: Carlos Bassan

Foto: Prefeito sobre escada da caravela | Crédito: Carlos Bassan

Prefeito sobre escada da caravela