Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Prefeitura inaugura Nave-Mãe Dra. Zilda Arns, a 10ª entregue à população


07/06/2010 - 14:40

Compartilhe no Facebook


Ingrid Vogl e Cláudia Xavier

 

O prefeito Hélio de Oliveira Santos e o secretário municipal de Educação, José Tadeu Jorge, entregaram na manhã desta segunda-feira, dia 7 de junho, a Nave-Mãe Dra. Zilda Arns, localizada no Parque das Indústrias. O coordenador da Pastoral da Criança Internacional e filho da homenageada, Nelson Arns Neumann, e o senador e sobrinho de Zilda Arns, Flávio Arns, estiveram presentes à solenidade.

 

Esta é a décima unidade do projeto Nave-Mãe que, por meio da pedagogia dos sentidos, busca o desenvolvimento do caráter e da personalidade das crianças, com o objetivo de estimulá-las e dar a igualdade de oportunidade em fases seguintes do ensino, para a formação integral do futuro cidadão.

 

A nova escola de educação infantil segue a padronização das demais Naves-Mãe e possui 1.754 m² de área construída. O projeto arquitetônico é de João Filgueras Lima, o Lelé, renomado arquiteto e idealizador de vários projetos voltados à proteção da criança.

 

O prédio possui 11 salas de aula, incluindo uma sala multiuso, além da área administrativa, enfermaria, pátio coberto, refeitório, cozinha, sanitários para funcionários e para as crianças.

Todo o mobiliário e a estrutura é adaptada para o conforto dos alunos e dos profissionais que trabalham nas Naves-Mãe. Os prédios ainda são rodeados por jardins e um grande playground, que possui gangorras, escorregadores, balanços, casa de boneca, casa do Tarzan e tudo que as crianças precisam para se divertir, desenvolver e conviver.

 

Solenidade

 

Dr. Hélio, que é pediatra, ressaltou em seu discurso durante a cerimônia de entrega, a importância da também pediatra Zilda Arns para a queda da mortalidade infantil em todo o país, a partir da preparação e capacitação de agentes comunitários e voluntários e da Pastoral da Criança.

 

"Esta casa se sente honrada por receber o nome desta protagonista social do bem. Este nome é uma referência para a comunidade onde está inserida esta Nave-Mãe como um equipamento de inclusão e, sobretudo, de igualdade de oportunidades, que só é possível pela educação", disse o prefeito.

 

O secretário de Educação, José Tadeu Jorge, falou da oportunidade que terão as crianças atendidas pela Nave-Mãe. "É importante destacar que a universalização que estamos promovendo é tanto quantitativa quanto qualitativa e que, quando jovens, esses alunos poderão alcançar a universidade assim como os oriundos das classes média e alta", disse Jorge.

 

O filho de Zilda Arns, Nelson Arns Neumann, agradeceu a homenagem da Prefeitura, e falou como o conceito das Naves-Mãe está próximo ao defendido pela sua própria mãe.

 

"Minha mãe sempre defendeu que a família e a comunidade têm um papel importante a exercer dentro das escolas, assim como o estímulo à autonomia dessas pessoas. Neste sentido, as Naves-mãe são importantes porque centram seus projetos não só nas crianças como também na formação e na participação das mães. Agradeço o nome dado a esta unidade de desenvolvimento infantil", disse Neumann.

 

"Parabéns a todos que, juntos, podemos fazemos um trabalho extraordinário a favor do ser humano". Com essas palavras o senador Flávio José Arns resumiu sua opinião a respeito das Naves-Mãe. Ele citou também o trabalho realizado pela Pastoral da Criança e a importância da educação para mudar a realidade do país. "Mobilização e organização fazem toda a diferença. Todos nós somos importantes para avançar neste conceito de educação integrada com a família", disse o senador.

 

Além de vereadores, secretários municipais e outras autoridades, o evento contou também com a participação do pró-reitor para Assuntos de Extensão Comunitária da Unicamp, Mohamed Habib, do presidente da Chance Internacional nos Estados Unidos, Elizeu Rodrigues da Silva e de demais executivos da empresa.

 

A inauguração contou ainda com a participação da Orquestra Jovem da Secretaria Municipal de Educação e da Fanfarra Municipal de Campinas.

 

Co-geridas por instituições assistenciais, as administrações das Naves-Mãe são um exemplo de parceria entre governo e terceiro setor e um caso de sucesso. A Associação Chance Internacional será a responsável por co-gerir a Nave-Mãe Dra. Zilda Arns.

 

Projeto

 

As Naves-Mãe possuem capacidade de atender entre 400 e 500 crianças de 4 meses até 5 anos e 11 meses. Nela, tudo foi pensado e planejado para o atendimento integral, com todo o conforto e atenção que os pequenos necessitam.

 

Além de atividades para os pequenos, as Naves-Mãe também oferecem aulas de cursos profissionalizantes e de Educação de Jovens e Adultos (EJA) para mães e toda a comunidade próxima às unidades, ou seja, formação para toda a família.

 

Nave-Ciência

 

Para desenvolver e instigar os sentidos dos pequenos, as Naves-Mãe receberão o projeto Nave-Ciência. Um mini-museu científico instalado dentro das escolas de educação infantil, que seguem uma tematização e são compostos de equipamentos diversos, desde os que simulam experimentos científicos, até os que envolvem tecnologia, como computadores com softwares desenvolvidos especialmente para as crianças e televisões de plasma. Por enquanto, a primeira unidade do Nave-Ciência funciona na Nave-Mãe Anísio Teixeira, do Jardim Fernanda, mas a previsão é que todas as unidades em funcionamento recebam o projeto.

 

As tematizações de cada uma das unidades, batizadas como projeto Nave-Ciência, foram idealizadas pelo prefeito Hélio de Oliveira Santos, com o objetivo de efetivar o desenvolvimento da pedagogia dos sentidos proposta nas Naves-Mãe. A proposta é que por meio do olfato, visão, tato, paladar e audição, sejam trabalhados temas relacionados à vida, estimulando, assim, a conscientização dos pequeninos.

 

O projeto, desenvolvido em parceria com o Museu Exploratório da Unicamp, prevê a criação dos temas "Som e Luz", "Tempo e Movimento", "Formas e Quantidades" e "Vida".

 

Homenagem

 

A Nave-Mãe do Parque das Indústrias leva o nome da médica pediatra e sanitarista Zilda Arns Neumann, que nasceu em Forquilhinha (SC), no dia 25 de agosto de 1934.

 

A irmã de Dom Paulo Evaristo Arns foi a fundadora e coordenadora internacional da Pastoral da Criança (criada em 1983), que acompanha crianças menores de seis anos e famílias pobres com a ajuda de voluntários que levam solidariedade e conhecimento sobre saúde, nutrição, educação e cidadania à comunidades carentes.

 

Em 2004, Zilda Arns fundou a Pastoral da Pessoa Idosa, que acompanha idosos, também por meio de voluntários em municípios de todo o Brasil. As duas pastorais são organismos de ação social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

 

Com seu trabalho social, Zilda Arns recebeu diversas menções especiais e títulos de cidadã honorária no país. Da mesma forma, à Pastoral da Criança foram concedidos diversos prêmios pelo trabalho que vem sendo desenvolvido desde a sua fundação.

 

Zilda Arns morreu no dia 12 de janeiro de 2010 em Porto Príncipe, quando realizada uma missão humanitária para implantar a Pastoral da Criança no Haiti. Ela foi uma das vítimas do terremoto que atingiu o país.


 

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto