Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Autorizações para Transporte Escolar em 2013 terminam no dia 16


08/01/2013 - 09:50

Compartilhe no Facebook


 

Gilson Rei

 

Os transportadores de escolares de Campinas têm até o dia 16 de janeiro para solicitar a Renovação de Cadastro na EMDEC e habilitar para o primeiro semestre de 2013.

 

O período de renovação de documentos e vistoria de veículos para operar o transporte escolar teve início em dezembro do ano passado, na Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (EMDEC).

 

A lista de documentos exigidos para a renovação está disponível no site da EMDEC, no endereço www.emdec.com.br, na seção: Escolar. É fundamental dar entrada com os pedidos, munidos da documentação completa para agilizar o processo.

 

Após a EMDEC emitir declaração de documentação regular, os transportadores deverão agendar a vistoria obrigatória dos veículos junto ao Departamento de Inspeção veicular, na Avenida John Boyd Dunlop, 8.050, no Jardim Satélite Iris II, ou pelo telefone 3268-9811.

 

A taxa para a vistoria veicular será de 35 Unidades Fiscais de Campinas (UFICs), que atualmente corresponde a R$ 82,22). As vistorias do serviço de transporte escolar são realizadas semestralmente, conforme determinação do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), sendo que para o primeiro semestre o período inicia-se no primeiro dia útil de dezembro e estende-se por 45 dias corridos; e para o segundo semestre, inicia-se no primeiro dia útil de junho e estende-se por 45 dias corridos, conforme Resolução Municipal 210/11.

 

Atualmente, o serviço conta com 645 cadastrados autônomos (com 645 veículos) e 212 empresas prestadoras (com 858 veículos), que totalizam 1.503 veículos para o transporte escolar na cidade.

 

Em Campinas, aproximadamente 40 mil estudantes dependem do transporte escolar no município, segundo dados do sindicato da categoria, fornecidos em 2006. Deste total, 30% são crianças do Ensino Infantil, 50% são crianças do Ensino Fundamental e 20% são jovens do Ensino Médio.

 

Selo do primeiro semestre será magenta

 

Após concluir a inspeção obrigatória, o condutor recebe um selo que atesta as condições de segurança do veículo. Neste semestre, o selo será na cor magenta.

 

A EMDEC aconselha aos pais dos alunos que verifiquem a presença desse selo no veículo antes de assinarem contrato com os transportadores. Só os veículos que possuem o selo e os condutores devidamente autorizados podem prestar o serviço em Campinas.

 

Penalidades

 

Os transportadores ativos e inativos flagrados em operação sem autorização ou sem vistoria terão seu veículo recolhido ao Pátio, conforme prevê o Artigo 13º da Resolução 210/11. O transportador flagrado em operação sem cadastro na EMDEC ou com cadastro cancelado será considerado clandestino, tendo seu veículo apreendido ao Pátio e aplicada multa de 2.500 Unidades Fiscais de Campinas (UFIC’s) – o correspondente a R$ 5.872,85, conforme prevê Artigo 33º da Lei 11263/02.

 

Transporte Escolar

 

O transporte escolar é um serviço de interesse público, prestado por pessoas jurídicas ou autônomos mediante contrato com pessoas físicas ou jurídicas, para transporte de estudantes. Atualmente, é atendido por 1.503 veículos de empresas e operadores autônomos.

 

Padrão dos Veículos

 

O serviço de transporte escolar deve utilizar veículos de transporte de passageiros, tais como ônibus, micro-ônibus, vans ou kombis. A capacidade desses veículos varia de nove passageiros (kombi) até aproximadamente 50 passageiros (ônibus).

 

Para prestar o serviço, os veículos devem, obrigatoriamente, apresentar características específicas, entre as quais se destacam: cinto de segurança para todos os ocupantes, vidros com limitador de abertura, equipamento registrador de velocidade (tacógrafo) e faixa nas cores amarela e preta com o palavra "ESCOLAR" nas duas laterais. O veículo deve ser vistoriado semestralmente pela EMDEC; quando aprovado, recebe um selo de aprovação que deve ser fixado no para-brisa dianteiro.

 

Características operacionais

 

Não existe itinerário pré-definido. O itinerário é determinado pelos estudantes que são transportados em cada período escolar. As áreas de embarque e desembarque próximas às escolas,são sinalizadas para permitir o estacionamento dos veículos nos horários de entrada e saída dos alunos.

 

Para prestar o serviço, o condutor tem que ser maior de 21 anos, possuir curso específico para transporte de escolares e carta de habilitação (CNH) D ou E. Essas condições são verificadas anualmente pela EMDEC e, se atendidas, autorizam o condutor a prestar o serviço.

Crédito: Divulgação EMDEC

Crédito: Divulgação EMDEC