Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Em 12 horas, UPA Centro atende a 65 pacientes


30/11/2012 - 19:19

Compartilhe no Facebook


Diego Geraldo

 

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Centro começou a funcionar às 7h desta sexta-feira, dia 30 de novembro, e atendeu 65 pacientes até às 19h. O atendimento foi considerado dentro do esperado para o primeiro dia, mas a expectativa é de que se atendam aproximadamente 500 pessoas por dia na unidade que funciona 24 horas.

 

Aos poucos a população vai se informar e procurar a unidade. O principal impacto deve ser sentido no Hospital Mário Gatti e nos Pronto Atendimento do São José e Anchieta”, disse o secretário de Saúde, Fernando Brandão, que visitou a unidade no meio da tarde.

 

Todos os atendimentos foram imediatos. Para a coordenadora da UPA, Márcia Gonçalves Machado, a estrutura melhorou muito se comparada à antiga unidade. “As instalações estão muito adequadas e definimos um bom fluxo de atendimento. Não houve filas e tudo correu bem nessas primeiras horas”, disse a coordenadora.

 

Visita

 

O aposentado Jevenis Sant’Ana mora na região central e passou para conhecer a unidade. Ele conversou com os funcionários e aprovou o resultado. “O prefeito Pedro Serafim e sua equipe estão de parabéns, porque ele prometeu e cumpriu entregar um lugar melhor para o atendimento no Centro. Acredito que toda a população será beneficiada”, disse o aposentado.

 

Já o vigilante Carlos Roberto dos Santos aprovou o atendimento prestado. “Foi ótimo, tudo realmente muito bem. Infelizmente descobri que tenho diabetes, mas já pediram para eu voltar amanhã para ver como estou. Também já fui encaminhado para pegar os medicamentos no Centro de Saúde do Padre Anchieta, onde moro”, contou o vigilante.

 

Projeto

 

O antigo Pronto Atendimento (PA) Centro foi fechado em março deste ano por exigência da Vigilância em Saúde. Como o local não oferecia condições para uma reforma adequada, a Administração decidiu implantar a unidade em outro lugar.

 

Em discussão com o Conselho de Saúde do Distrito Leste (formado por membros da comunidade, profissionais da saúde e a gestão), o local selecionado foi a antiga sede do Clube Semanal de Cultura Artística, na Rua Irmã Serafina, 937, no Centro.

 

O aluguel foi firmado em agosto, quando o projeto começou. No final do mês, as obras começaram. Em três meses a unidade, que agora é UPA, ficou pronta.

 

A nova UPA funciona em um espaço de 1.200 metros quadrados do prédio (o dobro do antigo PA), que tem 3.500 metros quadrados e também vai abrigar outros setores administrativos da Secretaria. Além disso, o local conta com um espaço para eventos da Pasta, que costumam acontecer no Salão Vermelho ou em espaços privados da cidade.

 

A UPA tem seis consultórios ambulatoriais, ala de urgência e emergência, salas para terapia ocupacional e psicologia, medicação e inalação, assistência social e espaço para estoque. O equipamento de raio-X está instalado, mas seu funcionamento depende de adequações na rede elétrica. Por esse motivo, o aparelho deve entrar em funcionamento no início de 2013.

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Carlos Bassan

Crédito: Carlos Bassan

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Carlos Bassan

Crédito: Carlos Bassan

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto