Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Campinas e Chitato firmam protocolo e tornam-se cidades-irmãs


03/05/2010 - 14:25




  

Janaína Amaral

Campinas e o município de Chitato, em Angola, assinam nesta segunda-feira, dia 3 de maio, o protocolo de intenções para se tornarem cidades-irmãs. O acordo entre os dois municípios foi discutido em uma reunião nesta manhã, quando o secretário de Cooperação Internacional, Romeu Santini, recebeu uma comitiva da província de Lunda-Norte, da qual Chitato é a capital.

 

O governo daquele país quer fazer um acordo com Campinas para estabelecer o crescimento econômico e social das cidades da província. Lunda-Norte tem 1 milhão de habitantes e é uma das províncias que formam Angola, país situado no continente africano que até 1975 era colônia de Portugal. O país carece de infraestrutura porque permaneceu em guerra após a libertação.

 

O objetivo deste acordo de cidades-irmãs é intensificar as relações entre Campinas e a cidade angolana. A província de Lunda-Norte tem interesse em conhecer as experiências de Campinas em políticas públicas de desenvolvimento para que sirvam de modelo na reconstrução de Chitato. De acordo com  Isabel Gregório, diretora de Apoio às Administrações Municipais, Chitato passa agora por um processo de transformação, depois de oito anos de guerra, as principais infraestruturas  econômicas e sociais se encontram em situações precárias. "Chitato é uma cidade em processo de nascimento e escolhemos nos inspirar em Campinas porque, além das semelhanças culturais, a cidade é exemplo em desenvolvimento em áreas sociais, educação, saúde" explica.

 

Entre os interesses principais de Chitato está desenvolver os setores da educação e formação profissional, assim como reabilitar as infraestruturas sociais básicas, e o relançamento da agricultura e pecuária. Além da revitalização do setor privado, com essa preocupação os empresários de Campinas poderão investir em diversas áreas como: indústria têxtil, construção civil, agricultura, abastecimento e comércio.

 

Os benefícios que este acordo de cidades-irmãs trará para Campinas é que as empresas daqui poderão fazer negócios com a cidade angolana. "Chitato é uma cidade que está nascendo agora e, por causa disso, a implantação dos negócios podem ser facilitadas", explica o secretário de Cooperação Internacional, Romeu Santini.

 

O passo final para fechar as negociações será dado no dia 4 de julho, em Lunda-Norte, quando uma comitiva de Campinas irá a África para a oficialização do acordo de cooperação de cidades-irmãs.

 

Esse assunto já havia sido tratado em duas ocasiões anteriores, em novembro do ano passado em visita da vice-governadora da província, e em março desse ano quando o governador Ernesto Muangala esteve na cidade.

 

Para o secretário, a união vai trazer melhorias para ambas as cidades. "A irmandade entre municípios é um trabalho de duas mãos. É uma troca permanente com o objetivo de acrescentar sempre", explica.


Chitato


Situada no leste de Angola, a província de Lunda-Norte que é dividida em nove municípios e 25 comunas (subprefeituras). O município de Chitato teve sua independência decretada em 11 de novembro de 1975 e conta hoje com cerca de 160 mil habitantes. Deste número mais da metade da população ativa está desempregada e é analfabeta.

 

Rica em recursos minerais, a cidade foi uma área de intensa exploração de diamantes, atualmente eles contribuem com 3% no Orçamento Geral do Estado.


O município possui uma rede hidrográfica bastante rica  e solo bastantes férteis. Devido à guerra que durou 30 anos e acabou a apenas oito anos atrás, a cidade se encontra hoje em processo de formação.