Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

1º de Maio reúne milhares de trabalhadores em ato e show no Parque Linear


02/05/2010 - 13:41




Cláudia Xavier

 

Um público estimado em cinco mil pessoas, segundo cálculo da Guarda Municipal, esteve presente neste sábado, dia 1º de maio, ao encerramento das festividades em homenagem ao Dia do Trabalhador, no Parque Linear Capivari, na região Sudoeste da cidade.

 

 

O evento, que contou com a participação do prefeit,o Hélio de Oliveira Santos, de secretários municipais, de líderes sindicais e de outras autoridades, foi organizado pela Prefeitura de Campinas, por intermédio da Secretaria de Trabalho e Renda.

 

 

As festividades foram marcadas pela apresentação de artistas de diversos estilos musicais (Hip hop, samba, sertanejo, forró e DJs), responsáveis por atrair um público rotativo durante toda a tarde, a partir das 14h.

 

 

Jéssica Mara de Sousa Ramalho, de 19 anos, era pura alegria na companhia de outras três amigas. “Ainda não trabalho, mas vou trabalhar, então vou comemorando desde já”, disse a estudante, que registrou os momentos de descontração com uma máquina fotográfica.

 

 

A desempregada Carla Ferreira Soares, da Vila Vitória, além de apreciar “todos” os estilos musicais programados para o evento, tinha um motivo especial para festejar. “Na segunda-feira começo trabalhar no setor de limpeza de uma academia e daí serei uma trabalhadora com carteira assinada”, contou, orgulhosa.

 

 

O mecânico José Ferreira da Silva Santos, do Jardim Campos Elíseos, comemorou a data com a família. Com a filha de 17 anos em frente ao palco, dançando com as amigas, o filho de 11 anos jogando futebol, também com os amigos, e a caçula, de 4 anos, brincando no playground,

 

Santos aproveitou para por a conversa em dia com a mulher, Edna. “A vida de trabalhador é muito corrida e temos de aproveitar momentos como esse para reunir a família em segurança e ter bons momentos de descanso. Esta é a melhor forma de comemorar o Dia do Trabalhador”, disse ele.

 

 

Os pronunciamentos em defesa do trabalhador, habituais em todo 1º de Maio, tiveram início por volta das 19h, após a apresentação do Hino Nacional, com a participação do prefeito Hélio de Oliveira Santos, de líderes sindicais da Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), da Central Geral dos Trabalhadores Brasileiros (CGTB), da União Geral dos Trabalhadores (UGT) e da Força Sindical – todos apoiadores do evento – e também com a presença de representantes de partidos políticos diversos.

 

 

O prefeito, em seu discurso, lembrou a importância do ex-presidente Getúlio Vargas para a garantia dos direitos do trabalhador no país. Foi no governo de Vargas que foi instituída a Carteira de Trabalho e organizada a legislação trabalhista através da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), entre outras conquistas.

 

Emocionado em seu discurso o prefeito falou, também da ascensão da classe pobre que agora, segundo ele, atingiu níveis de consumo de classe média, com acesso a cursos universitários, possibilitados pelo Pró-uni (programa do governo federal), viagens aéreas e outros bens de consumo.

 

 

“A Região Metropolitana de Campinas tem o menor índice de desemprego entre as 10 maiores regiões metropolitanas do Brasil e precisamos lutar para manter o salário justo dos trabalhadores para que eles continuem a participar da riqueza do país”, disse o prefeito, que falou também da importância da justa divisão dos recursos oriundos do pré-sal.

 

 

A secretária de Trabalho e Renda, Maristela Braga, por sua vez, falou dos 5 mil novos postos de trabalho que foram criados na região e do desafio de lutar por melhores condições de trabalho para as mulheres.

 

“A questão do trabalho é tão importante para esta Administração que há até uma secretaria para tratar do assunto e, garanto, que 50% das nossas, políticas serão voltadas à mulher porque, ainda hoje, elas são discriminadas no mercado de trabalho”, disse a secretária.

 

Café da manhã

 

 

Pela manhã - e também em companhia de secretários -, o prefeito participou de um café, no Hotel Vila Rica, com sindicalistas de Campinas e região. O evento, que teve por objetivo comemorar o Dia do Trabalhador, foi organizado pelo Sindicato dos Frentistas.

 

 

Estiveram presentes também líderes de diversas centrais sindicais, como Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central Geral dos Trabalhadores Brasileiros (CGTB), União Geral dos Trabalhadores (UGT) e Força Sindical.

 

 

Em sua participação, o prefeito contou um pouco da história da exploração da mão-de-obra trabalhadora que, no Brasil, teve início na época da colonização, quando índios foram obrigados a explorar as riquezas locais em favor da Coroa Portuguesa. Dr. Hélio enfatizou o papel do negro escravizado e das classes menos favorecidas que até hoje constroem a riqueza do país.

 

O prefeito ressaltou, no entanto, que hoje o Brasil é um país que tem mobilidade social e citou como exemplo o presidente Luís Inácio Lula da Silva, que foi líder sindical e hoje é apontado como uma das 25 lideranças mais influentes de todo o mundo.

 

“Os movimentos sindicais, assim como o estudantil, são testemunhas da ditadura e do nascimento da democracia. Hoje, o Brasil é um novo país e temos de continuar lutando por melhorias, como por exemplo, por uma educação decente, porque o século 21 é a época do conhecimento e as portas estão abertas para sermos o que quisermos ser”, disse o prefeito que, ao final, parabenizou os trabalhadores pela data.

 

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito:

Crédito: Luiz Granzotto