Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Prefeito Pedro Serafim recebe comitiva de Jericó, cidade irmã


26/04/2012 - 18:08




Diego Geraldo

Eliana Fernandes

 

O prefeito Pedro Serafim recebeu na manhã desta quinta-feira, dia 26 de abril, uma comitiva de representantes da Autoridade Nacional Palestina, integrada pelo embaixador da Palestina no Brasil, Ibrahim Alzeben, e pelo prefeito de Jericó, Hassan Saleh Hussein. Jericó é cidade irmã de Campinas desde 2003.

 


Os palestinos vieram conhecer Campinas e sua estrutura e reforçar os laços de amizade entre os municípios. Antes da visita ao prefeito, a comitiva conheceu a estrutura das Centrais de Abastecimento de Campinas (Ceasa) e, depois de um almoço com Serafim, visitariam outros pontos de Campinas.


 

 

Durante o encontro, Serafim lembrou que era vereador, quando, em 2001, foi aprovada a lei municipal que oficializou Campinas e Jericó como cidades irmãs. “Aprovamos com muita alegria ter como irmã uma cidade com um patrimônio histórico e cultural de Jericó”, disse o prefeito.


Já o prefeito de Jericó, Hassan Saleh Hussein, destacou que Jericó recebe em torno de 2 milhões de visitantes por ano, e maior parte interessados no turismo religioso, e reforçou o desejo de transferência de ciência e educação entre as cidades. “Temos muito interesse em levar brasileiros para estudar em Jericó e trazer palestinos para Campinas. Para conhecer a cultura e as línguas, reforçando as relações entre os municípios”, disse.


 

 

Participaram do encontro no Gabinete o secretário de Desenvolvimento Econômico e Social, José Afonso da Costa Bittencourt e os vereadores Gilberto Cardoso Vermelho e Jorge Schneider.


 

Ceasa


Na Ceasa o interesse da comitiva foi conhecer, em especial, os programas sociais desenvolvidos na Central, em relação aos quais existe proposta para estabelecimento de projeto de cooperação.“Esta é uma oportunidade de troca de experiências e gostaríamos de recebê-los para nos ajudar a desenvolver ações de segurança alimentar nos países árabes”, disse Hussein.


 

 

O superintendente do Instituto Jerusalém do Brasil, Alki El-Khatib - que acompanha as autoridades palestinas na cidade - se comprometeu a elaborar este projeto de cooperação juntamente com a Ceasa.


 

 

O presidente da Central, Sérgio Luiz Juliano, ressaltou a honra de receber a comitiva. “Para nós é uma honra recebê-los e a proposta de parceria vem ao encontro, inclusive, de projeto que estamos desenvolvendo, o novo Plano Nacional do Abastecimento, uma incumbência da presidente Dilma Rousseff. A Ceasa de Campinas vai colaborar e servir de modelo no Plano justamente na área de segurança alimentar”, lembrou.

 

A visita da comitiva à Ceasa começou pelo Banco Municipal de Alimentos - que realiza arrecadação de produtos fora da Ceasa por meio de parcerias e campanhas, além de atividades educacionais - auxiliando 105 ONGs.


 

 

Na sequência os grupo visitou as instalações e a cozinha experimental do Departamento de Alimentação Escolar, responsável por operacionalizar a merenda de 566 escolas, garantindo uma média de 255 mil refeições por dia.


 

 

A ONG dos permissionários da Ceasa, Instituto de Solidariedade para Programas de Alimentação (ISA) também fez parte do roteiro da visita. No local foi explicado aos palestinos que lá chegam frutas, verduras e legumes doados pelos comerciantes da Central e que esses produtos são distribuídos para entidades assistenciais e famílias.


 

 

A visita à Ceasa terminou com um passeio pelos corredores do Mercado de Hortifrutigranjeiros que abastece mais de 500 cidades e movimenta em média 56 mil toneladas de produtos por mês.


Jericó

 

Localizada na depressão do Rio Jordão, a dez quilômetros do Mar Morto, num oásis tropical, motivo pelo qual é designada como “cidade das palmeiras”, Jericó é uma das cidades mais antigas de todo o mundo, segundo diversos trabalhos arqueológicos realizados na região.


 

 

A cidade é narrada na bíblia como a primeira a ser atacada por Josué e os israelitas quando eles entraram na terra prometida (Josué 6: 1-27). A Jericó bíblica, várias vezes citada nas escrituras sagradas, é universalmente conhecida pelo episódio de quando o povo hebreu fez cair suas inacessíveis muralhas tocando as trombetas.


 

 

Na região, pode-se ver ainda o Monte das Tentações – lugar onde Jesus jejuou por 40 dias após ser batizado por João Batista. Em 28 de novembro de 2001 foi assinado o protocolo de intenções de irmandade entre a municipalidade da cidade de Campinas e o município de Jericó. Em 2003, a lei municipal 11.552, de 16 de maio, que declara Jericó e Campinas cidades-irmãs, foi oficialmente publicada.

Crédito: Rogério Capela

Crédito: Rogério Capela

Crédito: Rogério Capela

Crédito: Rogério Capela

Crédito: Divulgação

Crédito: Divulgação

Crédito: Divulgação

Crédito: Divulgação

Crédito: Divulgação

Crédito: Divulgação